Vice-presidente norte-americano, Mike Pence, cumprimenta o vice-ministro de assuntos estrangeiros sul-coreano Lim Sung-Nam ao chegar a Seul (Foto: Jeon Heon-Kyun/Agência Lusa/direitos reservados)
pence
O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, chegou neste domingo (16) a Seul, capital da Coreia do Sul, para uma visita de três dias que terá como ponto central a tensão na península coreana. Pence aterrissou poucas horas depois de a Coreia do Norte realizar mais uma tentativa de lançamento de mísseis.

O teste fracassado ocorreu na madrugada de hoje (horário local) desde a cidade de Sinpo, na costa leste do país. As autoridades ainda estão estudando qual seria o tipo e a categoria dos mísseis.

O vice-presidente americano participará de um jantar hoje com tropas de seu país e sul-coreanas para celebrar o domingo de Páscoa. Amanhã, ele se reunirá com o presidente sul-coreano em exercício, Hwang Kyo-ahn, e com o presidente da Assembleia Nacional (Parlamento), Chung Sye-kyun.

A tensão na península ocupará a maior parte da agenda e a expectativa é de que Pence e Hwang analisem maneiras de pressionar a Coreia do Norte para que abandone seu programa nuclear e de mísseis através de uma maior pressão diplomática e também de sanções ainda mais duras.

A Casa Branca também indicou que serão examinadas opções militares como possível resposta a provocações do regime norte-coreano. O exército norte-coreano já tinha realizado no dia 5 de abril outro lançamento – que também pode ter fracassado – de um míssil balístico de alcance intermediário a partir desta mesma cidade, na província de Hamgyong do Sul.

Da Agência Brasil com informações da Agência EFE

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757