Imagem mostra vítimas em uma estação de metrô em São Petersburgo, na Rússia, logo após a explosão de uma bomba (Foto: megapolisonline.ru/divulgação/direitos reservados)
saopetesburgo
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta segunda-feira (3) que o terrorismo é a principal hipótese sobre a causa das explosões ocorridas no metrô de São Petersburgo. A informação é da Agência EFE.

"Naturalmente, sempre analisamos todas as possibilidades, acidental, criminal e, claro, de caráter terrorista", afirmou Putin.

O líder do Kremlin fez essas declarações em São Petersburgo, ao iniciar uma reunião com o presidente da Bielorússia, Alexander Lukashenko.

"Veremos, a investigação dará em breve uma resposta sobre o que ocorreu nessa tragédia", acrescentou Putin.

Segundo os últimos dados, pelo menos dez pessoas morreram e 50 ficaram feridas em duas explosões em estações do metrô da segunda maior cidade russa.

O presidente manifestou condolências às famílias das vítimas e desejou recuperação aos feridos.

Da Agência EFE via Agência Brasil

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757