Foto: Rosiron Rodrigues / GEC
Victor Bolt
Ele veio do maior rival e logo em sua primeira entrevista com a camisa esmeraldina, não hesitou em dizer qual era o maior time da região centro-oeste. “Dizem que o Vila tem a maior torcida, mas eu cheguei aqui e pela estrutura que tem, vi que o Goiás é time para estar na Série A, disputando uma Libertadores.”

Com a camisa colorada, Victor Bolt fez 47 partidas, marcando dois gols. Foi considerado um dos principais jogadores do Tigre na Série B do ano passado agora espera repetir este sucesso no Goiás.  “Trabalho forte para isso e em nenhum momento irei abaixar a cabeça. Irei me esforçar bastante para fazer uma boa temporada aqui e continuar ano que vem na Série A”.

Aos 29 anos, Bolt chega ao Goiás após uma rescisão com o Vasco. Segundo ele, a grandeza do clube esmeraldino pesou em sua decisão de continuar em Goiânia. “Tive indicações muito boas. Falaram que podia vir de olho fechado que aqui tem profissionais competentes e que, acima de tudo, respeitam o jogador.” 

Ouça na íntegra a entrevista de Victor Bolt:

Vila Nova

O reencontro do volante com o se ex-clube está marcado para o dia 26 de fevereiro, quando Vila Nova e Goiás se enfrentam no Serra Dourada pela segunda rodada do terceiro turno do Campeonato Goiano. Mas o jogador está tranqüilo quanto a esta situação. “Não fui o primeiro (a jogar pelo rival) e não serei o último. Vou sempre entrar em campo focado para ajudar meus companheiros e a minha equipe.”

Mesmo estando a pouco tempo no Goiás, já que se apresentou hoje no clube, Bolt diz que já identificou as diferenças entre o esmeraldino e o colorado. “A estrutura e os profissionais são diferentes. Cheguei e fui muito bem recebido. Fizeram questão de me cumprimentar e dar as boas-vindas. Por isso, tenho certeza que vamos fazer um grande ano aqui”.

Concorrência

Quando o assunto é a concorrência no meio-campo, Victor Bolt diz que briga será boa e que a dor de cabeça será do comandante. “São volantes de muita qualidade, cada um vai buscar seu espaço, e o Gilson Kleina sabe que todos os volantes que vieram tiveram um bom ano. Tenho certeza que os titulares vão fazer um bom trabalho”.

Quem também veio de um rival foi Pedro Bambu, outro volante contratado pelo Goiás para a próxima temporada. E se pintar uma dupla ‘Bolt-Bambu’? “Não sabemos quem será escalado, porque os volantes que estão aqui possuem bastante qualidade. Mas se houver a parceria, tenho certeza que nosso meio-campo ficará muito forte”, diz o jogador.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757