Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

(Imagem: Karina Azevedo/Portal 730)
goias brasilia karina
Se no primeiro teste da temporada o Goiás apenas empatou por 1 a 1 e não convenceu o torcedor esmeraldino que compareceu ao Estádio Hailé Pinheiro, na Serrinha. No segundo jogo-treino do ano de 2017, o Alviverde venceu sem dificuldades o Brasília pelo placar de 2 a 0 e arrancou aplausos da torcida, ao contrário do duelo contra o Uberlândia quando o time deixou o gramado sob vaias.

Os gols do duelo foram marcados no primeiro tempo, o período de jogo, por sinal, foi um pouco diferente de uma partida oficial. É que o confronto teve cada tempo (1º e 2º) cravado de 50 minutos. O primeiro gol saiu após cobrança de pênalti, Léo Gamalho marcou. Na sequência, após boa cobrança de escanteio do lateral Paulinho, Everton Sena cabeceou para as redes do Brasília.

Agora, nada de moleza. O Goiás entra na última semana de preparação para estreia do Campeonato Goiano. No próximo domingo (29), o Alviverde vai até o Estádio Aníbal Batista de Toledo enfrentar a Aparecidense, às 17 horas, na 1ª rodada do Goianão 2017.

Quem para?

O lado direito esmeraldino voou durante jogo-treino. Com bastante movimentação e troca de passes Hélder, Carlos Eduardo e Pedro Bambu, que atuaram pelo setor do campo, realizaram as principais jogadas ofensivas do Goiás. Foi justamente em jogadas com participações do trio que os dois primeiros gols do Alviverde saíram. Primeiro com Hélder sofrendo pênalti, que foi cobrado por Léo Gamalho e posteriormente em escanteio cobrado pelo lado direito. Everton Sena balançou as redes do Brasília.

Bola parada e meio-campo

Outros dois pontos de destaques dos atletas que começaram o jogo-treino foram a bola parada, criatividade e troca de passes envolvendo os jogadores do meio-campo. Jean Carlos mostrou-se um bom criador, sempre com eficiência nos toques realizados com os companheiros Victor Bolt e Pedro Bambu.

Jean Carlos, inclusive, foi responsável pelas cobranças de faltas que assustaram a meta do goleiro Railson. O mesmo vale para o lateral Paulinho, que nos escanteios fez boas leituras das movimentações dos companheiros.

Walter

No jogo-treino realizado contra o Uberlândia o atacante Walter sequer foi relacionado. Hoje, no entanto, o camisa 18 atuou durante a segunda etapa do confronto diante do Brasília. E na sua estreia na temporada o artilheiro esmeraldino mostrou muita movimentação no campo de ataque, apesar de estar visivelmente ainda fora de forma. Nos poucos momentos que foi acionado, Walter conseguiu finalizar a gol, mas nada que levasse perigo à meta adversária. Em uma das poucas chances o atacante driblou o goleiro, mas por falta de ângulo acabou acertando as redes pelo lado de fora.

FICHA TÉCNICA

Jogo: Goiás 2x0 Brasília
Data: 21/01/2017
Horário: 10:00
Local: Estádio Hailé Pinheiro (GO)

Gols: Léo Gamalho e Everton Sena
Cartões Amarelo: Yuri, Reis (BSB) | Victor Bolt (GEC)

GOIÁS: Marcelo Rangel (Márcio); Hélder (Felipe Saturnino), Fábio Sanches (Alves), Everton Sena (Rezende) e Paulinho (Patrick); Pedro Bambu (Toró), Victor Bolt (Ramires), Léo Sena (Medina) e Jean Carlos (Mael); Carlos Eduardo (Jarlan) e Léo Gamalho (Walter). Técnico: Gilson Kleina.

BRASÍLIA: 1-Railson (12-Shayder - Matheus); 2-Elí, 3-Sadan, 4-Lucas Alves, 5-Adenísio; 6-Heltinho (Daniel Vargas), 7-Matheus Carneiro (Ribeiro), 8-Leís (João Bahia), 20-Fernandinho (10-Igor); 9-Wallace (Reis - Edmilson) e 11-Yuri (19-Braitinni).

carregando...

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757