Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Karina Azevedo / Portal 730
vilanovaxaparecidense
Em uma partida muito movimentada e que teve dois pênaltis, uma expulsão e dois gols mal anulados, o Vila Nova perdeu para a Aparecidense no Serra Dourada neste sábado (18) pela décima rodada do Campeonato Goiano. O gol da Aparecidense foi anotado pelo capitão Mirita ainda no primeiro tempo. O Tigre perdeu dois pênaltis, um em cada etapa, um o meia Hiroshi jogou para fora e no outro, Wallyson bateu na trave. 

Com a derrota, o Vila Nova segue na vice liderança do Grupo A com 17 pontos, mas vê a liderança geral do Campeonato Goiano cada vez mais distante. Já a Aparecidense com o triunfo chega aos 20 pontos e assume de forma isolada a liderança do Grupo B e, de forma temporária, a ponta da tabela isolada do Goianão, já que o Goiás só joga neste domingo (19). 

Na próxima rodada do Campeonato Goiano, o Vila Nova enfrenta o Iporá, fora de casa, no estádio Ferreirão na quarta-feira (22), às 15h30. Já a Aparecidense recebe o Rio Verde, no estádio Annibal Toledo, também na quarta-feira (22), mas às 19h30. 

A partida 

No primeiro tempo a partida começou muito truncada e com os dois times levando pouco perigo. O Vila Nova não conseguiu criar, principalmente pelo meio de campo. Hiroshi ainda não alcançou um bom momento dentro do time colorado e deixa a desejar. A Aparecidense entrou com três zagueiros e tentou criar jogadas através do contra ataque ou com bolas paradas, que foi como saiu o primeiro gol. Aos 11 minutos, Murilo cobra escanteio e Mirita subiu mais que a zaga colorada e cabeceou para o fundo do gol. Após sair atrás no placar, o técnico Mazola Júnior resolveu deixar o time mais ofensivo aos 20 minutos e tirou Fagner para colocar Matheus Anderson. Aos 26, Thiago Carvalho derrubou Moisés dentro da área e o juiz marcou pênalti. Hiroshi foi para a cobrança e tentou por cavadinha, mas a bola foi por cima do gol de Pedro Henrique. Após o pênalti, o Tigre aumentou a posse de bola e seguiu tentando chegar ao empate, mas o time colorado teve muita dificuldade para infiltrar a defesa adversária.  

No segundo tempo o Vila Nova voltou bem melhor e buscando o jogo, o time colorado dominou toda a segunda etapa. Com a entrada de Everton no lugar de Hiroshi, o time colorado conseguiu criar mais jogadas e levar perigo ao gol de Pedro Henrique. Durante os primeiros 20 minutos, o bandeira anulou dois gols do Tigre alegando impedimento que foram muito contestados. Aos 29, o Vila Nova teve mais um pênalti marcado a seu favor, Wallyson pediu para cobrar, mas mandou a bola na trave esquerda do adversário. Aos 30, Aleílson, atacante da Aparecidense levou o segundo amarelo e foi expulso. Com um a mais em campo, o Vila Nova dominou ainda mais o jogo, mas não conseguiu chegar ao empate. 

Protesto 

Após o meia Hiroshi desperdiçar um pênalti ainda na primeira etapa do jogo, a torcida já começou a protestar, e muito, contra a postura do time colorado e do esquema tático montado pelo técnico Mazola Júnior. Com o Vila Nova terminando o jogo com uma derrota, ter desperdiçado dois pênaltis e com um a mais em campo, a torcida se juntou e fez um enorme protesto, principalmente contra o técnico Mazola. A permanência do treinador no comando do Tigre está cada vez mais difícil de ser mantida. 

Invencibilidade 

O Camaleão, que teve um início de campeonato muito contestado e só chegou à primeira vitória na quinta rodada, alcança o sexto triunfo consecutivo neste Campeonato Goiano e já praticamente garante sua vaga na próxima fase, já que falta apenas um ponto para isso se concretize matematicamente. Na próxima fase, a Aparecidense recebe o Rio Verde em seu estádio e já pode confirmar sua vaga. 

FICHA TÉCNICA   

Campeonato Goiano: 10ª rodada   
Jogo: Vila Nova 0 x 1 Aparecidense    
Data: 18/03/2017   
Horário: 16 horas (de Brasília)   
Cidade: Goiânia (GO)   
Estádio: Serra Dourada   

Gols: Mirita (11'|1ºT)  

Cartões amarelos: Thiago Carvalho, Aleílson 2x (Aparecidense) 
Cartão vermelho: Aleílson 

Público e renda no Serra Dourada 
Público pagante: 1.718 
Público total: 2.186 
Renda: R$24.920,00 

Árbitro: Bruno Rezende  
Assistentes: Fabrício Vilarinho (Fifa) e Alexandro Hume  
4º Árbitro: Anderson Gonçalves  

VILA NOVA: Wendel; Maguinho, Wesley Mattos, Alemão e Jonathan; PH, Fagner (Matheus Anderson), Geovane (Marcos Vinícius) e Hiroshi (Everton); Wallyson e Moisés. Técnico: Mazola Júnior

APARECIDENSE: Pedro Henrique (Wallace); Rafael Cruz, Robson, Thiago Carvalho e Helder (Elias); Mirita Klécio, Foguinho, Murilo (Abuda) e Robert; Aleílson.Técnico: Zé Teodoro.

carregando...

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757