Leia mais...A edição deste domingo do Futebol de Goyaz e suas histórias recupera as memórias de um camisa 10 que mesmo com pouco tempos de carreira durante a década de 1970 conseguiu se tornar inesquecível por sua habilidade e poder de decisão. Luiz Antônio Braz, o Japão, meia revelado pelo Atlético Goianiense, se transferiu para Belo Horizonte e acabou voltando ao Dragão onde encerrou a carreira.

Japão é um inhumense com o coração dominado pelo amor a Goiânia, a campininha e ao Dragão rubronegro. Começou no mundo da bola como uma brindadeira sob o comando do "Seu Ataíde" nas categorias de base do Atlético.

Antes de se firmar no profissional, ganhou a oportunidade de fazer um teste no Atlético Mineiro por intermédio de um falso convite organizado pelo folclórico José Calazans. Lutou pela oportunidade e o então técnico Barbatana reconheceu o seu valor. Lá nas Alterosas fez parte do time com Reinaldo, Toninho Cerezo, Marcelo Oliveira e outros grandes craques da equipe alvinegra.

Um telegrama falso mudou os rumos do sonho do meia Japão. Voltou as pressas para Goiânia de onde não saiu mais. Renegociou o retorno ao Dragão onde conquistou o título do torneio amistoso Goiás Rural de 1973. A carreira foi encerrada quatro anos depois de forma dramática.

IMPERDÍVEL

São mais de 52 mil resultados cadastrados, mais de 5 mil jogadores catalogados e mais de 4 400 fichas completas. No site também estão todas as edições do programa Futebol de Goyaz e suas histórias.

Conhece um ex-jogador? Nos indique. Use o whatapp 062 99666 9146, nosso novo canal de participação com nossos seguidores. Envie áudio, relembre um jogo inesquecível. Peça detalhes de um grande ídolo. Quem sabe, você é o próximo a participar de nosso programa.

Sabe de um potencial anunciante? Nos repasse. Quer dar visibilidade à sua Marca ou Produto? Fale com a gente. Estamos desenvolvendo um trabalho para ficar eternizado na história. Participe conosco! A Rede da Construção apoia o resgate das origens de nossa paixão!

Leia mais...Duas das gerações mais marcantes da história do Goiás Esporte Clube fizeram os torcedores esmeraldinos ainda mais felizes nas décadas de 1970 e 1980. A primeira geração foi marcada por Lincoln e companhia. A outra por Cacau e Luvanor. O lateral Nonoca teve a honra de participar destes dois grupos. Viveu altos e baixos. E estas histórias serão destaque na edição deste domingo do Futebol de Goyaz e suas histórias, a partir do meio dia, na Rádio 730.

Nonoca nasceu em Minas Gerais. Mas ainda criança seguiu com a família para Brasília durante o período de construção da nova capital federal. Para realizar o sonho de ser jogador foi futebol, enfrentou o pai que acreditava ser um terrível pecado aquele que decidisse por seguir carreira no mundo da bola.

Perfil do Nonoca

O lateral tem história no futebol brasiliense, paulista e no goiano. No DF com a camisa do histórico CEUB-DF, em Goiás com o Verdão da Serra e no interior de São Paulo com a camisa do Inter de Limeira.

IMPERDÍVEL

São mais de 52 mil resultados cadastrados, mais de 5 mil jogadores catalogados e mais de 4 400 fichas completas. No site também estão todas as edições do programa Futebol de Goyaz e suas histórias.

Conhece um ex-jogador? Nos indique. Use o whatapp 062 99666 9146, nosso novo canal de participação com nossos seguidores. Envie áudio, relembre um jogo inesquecível. Peça detalhes de um grande ídolo. Quem sabe, você é o próximo a participar de nosso programa.

Sabe de um potencial anunciante? Nos repasse. Quer dar visibilidade à sua Marca ou Produto? Fale com a gente. Estamos desenvolvendo um trabalho para ficar eternizado na história. Participe conosco! A Rede da Construção apoia o resgate das origens de nossa paixão!

Leia mais...Depois de um período de descanso, o Futebol de Goyaz e suas histórias abre a temporada 2017 prometendo grandes histórias e muitas novidades aos nossos seguidores e apaixonados pelo passado do nosso futebol.  O programa FGH 134 narra a trajetória de um goiano nascido na cidade de Pedro Afonso, hoje Tocantins: Amado Bucar.

Veio para Goiânia ainda criança junto com toda a família composta pelo pai, a mãe e mais sete irmãos. A primeira casa foi no bairro dos operários, na Vila Nova. Lá viu fortalecer a paixão pelo futebol. Chegava a acordar mais cedo para jogar bola com os irmãos e amigos antes de entrar na sala de aula.

A primeira chance no futebol foi na base do Vila Nova com o lendário Gibrair. No entanto, a mãe não aceitava ter um filho jogador. As mentiras não foram suficientes para seguir treinando. O sonho parecia ilusão. A família se mudou da Vila Nova para residir na Vila Brasília. O destino fez com que o Goiás Esporte Clube fosse a nova casa para retomar o desejo de criança.

Se profissionalizou no Verde. Foi trocado por Heber com o Goiânia e seguiu carreira passando por Taquaritinga-SP, América-SP, Novorizontino-SP, Jataiense, Goiatuba e pendurou as chuteira, em 1993, no Imperatriz-MA.

Veja o perfil de Amado Bucar

A chance de seguir no futebol foi dada pelo Crac de Catalão onde foi técnico de 1996 a 1997 e levou o Leão a decidir um título estadual depois de 30 anos. A bela campanha credenciou o convite para o Goiás onde foi técnico do sub 20, auxiliar técnico e assumiu o comando da equipe esmeraldina com a missão de livrar do rebaixamento.

Os seguidos calotes dos clubes fez com que Amado desistisse de permanecer no Brasil e fosse viver o sonho americano. Há 15 anos, Amado vive na Califórnia trabalha em uma pizzaria, motorista de uber e técnico de uma escolinha de futebol feminino.

Veja o perfil de Amado Bucar como treinador

Depois de ouvir tantas edições do Futebol de Goyaz, chegou a hora de Amado Gomes Bucar. 

IMPERDÍVEL

Vem aí o Almanaque do Futebol Goiano 2016. Garanta já o seu exemplar.

São mais de 52 mil resultados cadastrados, mais de 5 mil jogadores catalogados e mais de 4 400 fichas completas. No site também estão todas as edições do programa Futebol de Goyaz e suas histórias. Conhece um ex-jogador? Nos indique. Use o whatapp 062 99666 9146, nosso novo canal de participação com nossos seguidores. Envie áudio, relembre um jogo inesquecível. Peça detalhes de um grande ídolo. Quem sabe, você é o próximo a participar de nosso programa.

Sabe de um potencial anunciante? Nos repasse. Quer dar visibilidade à sua Marca ou Produto? Fale com a gente. Estamos desenvolvendo um trabalho para ficar eternizado na história. Participe conosco!

A Rede da Construção apoia o resgate das origens de nossa paixão!

Leia mais...A edição deste final de semana é bastante especial para a equipe do Futebol de Goyaz e suas histórias. A convivência diária na redação e nos corredores da Rádio 730 nos proporcionou admiração e amizade profunda. Reconhecido nos microfones por um comentarista polêmico e contundente, chegou o dia de conhecer e eternizar a carreira de Marcelo Borges, a partir do meio dia, neste domingo, no Portal 730 e no AM 730.

Os torcedores com mais idade lembram daquele garoto nascido na cidade de Guapó e que chamava a atenção pelo domínio, habilidade e jeito com a perna canhota. Durante os 22 anos de trajetória, gols olímpicos consagraram ele e locutores tanto do rádio quanto da televisão.

Começou a sua vida no Goiás sendo treinado pelo ídolo Matinha. Jogou no Anápolis e em clubes do futebol árabe. Antes de encerrar vestiu as camisas de Goiânia, Vila Nova e por último Santa Helena.

IMPERDÍVEL

São mais de 52 mil resultados cadastrados, mais de 5 mil jogadores catalogados e mais de 4 400 fichas completas. No site também estão todas as edições do programa Futebol de Goyaz e suas histórias.

Conhece um ex-jogador? Nos indique. Use o whatapp 062 99666 9146, nosso novo canal de participação com nossos seguidores. Envie áudio, relembre um jogo inesquecível. Peça detalhes de um grande ídolo. Quem sabe, você é o próximo a participar de nosso programa.

Sabe de um potencial anunciante? Nos repasse. Quer dar visibilidade à sua Marca ou Produto? Fale com a gente. Estamos desenvolvendo um trabalho para ficar eternizado na história. Participe conosco!  A Rede da Construção apoia o resgate das origens de nossa paixão!

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757