Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

hemerson maria vila nova 2

Próximo de começar o Campeonato Goiano, o técnico Hemerson Maria terá um elenco pequeno para o início da competição. Até o momento, apenas quatro jogadores foram anunciados pelo Vila para a competição: o zagueiro Diego Giaretta, o meia Sérgio Mota e os atacantes Reis e Ramon. Com poucos atletas, alguns garotos que subiram das categorias de base ao profissional, ganharão algumas oportunidades.

- Esse elenco enxuto facilita para que você de mais oportunidades a certos atletas. Você dá mais atenção e mais condição de trabalho para esse elenco que é mais definido e outra coisa que é fundamental, é que você consegue observar e dar oportunidades a categoria de base, então tem jogadores que nós observamos durante todo o ano. É o caso do Wanderson, Jacaré, Batata, que são meninos que não vão nem pra Taça São Paulo e já foram incorporados para ficar em igualdade com os demais atletas profissionais. Isso vai facilitar uma adaptação e esses meninos que mostrarem condição, eles vão ter oportunidades e render o seu melhor futebol.

Um outro jogador que pode ser anunciado pelo Vila Nova á qualquer momento é o goleiro Lucas Perri, do São Paulo. Com a contratação do goleiro Jean para o Tricolor Paulista, a saída de Perri por empréstimo ao Vila está mais próxima e o atleta de 20 anos deve ser o novo camisa 1 do time colorado em 2018.

Perguntado sobre o jovem goleiro e também sobre Márcio, dispensado do Goiás há pouco tempo, Hemerson diz que ambos não poderiam estar no mesmo elenco por serem dois jogadores que deveriam ser titulares e isso poderia não fazer bem para quem fosse ficar na reserva.

- A situação do Lucas aconteceu antes da do Márcio. O Lucas está em negociação há um mês e é um atleta que o São Paulo não nos liberou ainda, mas que nós já tiramos muitas informações sobre o mesmo. Vou citar duas pessoas, o Rogério Micale, que era o treinador sub-20, e o Lucas disputou o sul-americano desse ano com ele. Outra pessoa que referendou a contratação do Lucas foi o Rogério Ceni. Tive oportunidade de fazer o curso com ele na CBF e ele referendou a contratação do Lucas. Respeito muito a história do Márcio, mas não tem como eu trazer um jogador do porte do Lucas Perri e ter o Márcio como segunda opção. Eu penso que o Perri está vindo para jogar e o Márcio se viesse, também viria para jogar e não caberia dois jogadores, na minha opinião, com essas características.

(Entrevista realizada pelo repórter Pedro Henrique Geninho)

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757