Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
alanmineiro.assessoriavnfc
O Vila Nova fez uma campanha surpreendente neste Campeonato Brasileiro da Série B. A equipe, que começou sendo vista como uma das que brigaria para não cair, ficou durante as 36 rodadas até aqui na parte de cima da tabela, brigando pelo G4 e sonhando com o acesso.

Após um grande primeiro turno, o segundo deixou a desejar e o sonho de chegar a elite do futebol brasileiro foi ficando cada vez mais difícil por conta das fracas atuações em casa. Ao empatar com o Figueirense por 1 a 1 na noite desta terça-feira (14), o Tigre chegou ao seu sexto jogo consecutivo sem vencer, sendo o quinto empate seguido em casa. Com isso, a torcida vem vaiando e cobrando bastante o grupo.

Na noite desta terça não foi diferente. Os jogadores saíram de campo ouvindo gritos de “pipoqueiros”. O meia Alan Mineiro foi o principal alvo do torcedor, que chegou a chamar o camisa 10 até mesmo de mercenário. Após o duelo, Alan comentou sobre as vaias.

“Eu peço respeito não só por mim, mas também pelo nosso grupo. Eles estão cobrando raça, chamando nosso time de pipoqueiro e isso a nossa equipe não é. Temos lutado, mas infelizmente os gols não vem saindo. Claro que assumo um pouco da responsabilidade por não estar criando muito, mas os últimos gols saíram dos meus pés. Infelizmente o torcedor vai pela emoção, pelo calor do jogo, mas temos que ter cabeça fria, acredito que o torcedor deve ter mais respeito porque levamos o Vila a um patamar que não chegava a muito tempo e as outras equipes passaram a respeitar o Vila de forma que não respeitavam”, afirmou.

Alan Mineiro também revelou que conversas com o clube colorado sobre renovação já foram iniciadas e que apesar de ter outras propostas, a vontade dele é de seguir no Vila.

“Já teve procura sim, estamos conversando sobre isso, é uma vontade minha, independente se a torcida está me xingando ou não. Sei do meu potencial, aonde posso chegar e gosto muito do Vila, lugar bom para trabalhar mesmo com a cobrança do torcedor porque isso vai ter em todo lugar. Estou muito feliz aqui e se tiver que ficar, vou ficar para honrar ainda mais essa camisa”, destacou.

Alan está no Vila Nova por empréstimo do Corinthians e ressaltou que isso pode ser um empecilho para que as conversas tenham um final feliz, mas que pelo desenrolar até aqui, tudo encaminha para a renovação. Além dele, o zagueiro e capitão Wesley Matos revelou que conversas já estão acontecendo visando 2018.

Dos atuais jogadores do elenco colorado, os que possuem contrato até o final do ano que vem são: o goleiro Wendell, o lateral Maguinho e o volante Geovane, além dos garotos da base, Brunão e Mateus Anderson. O volante PH tem contrato até o final do Campeonato Goiano de 2018 e o atacante Moisés tem vínculo até o final de 2019.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757