Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

wesleymatos.assessoriavnfc 001Com seis rodadas sem vencer, O Vila Nova empatou com o Figueirense nesta terça-feira (15), por 1 a 1, no Serra Dourada. A partida foi válida pela a 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O colorado fez uma partida abaixo da média e não agradou aos torcedores que estavam no estádio. No primeiro tempo Anderson Luis recebeu algumas vaias da torcida, mas Alan Mineiro foi o mais desaprovado pelos torcedores. No final da partida, o meia deixou o campo com vaias vindas da arquibancada. O capitão Wesley Matos elogia o jogador e desaprova a insatisfação.  

“O Alan Mineiro é o cara do nosso time. Antes carregavam o Alan no colo, agora vão criticá-lo. Quando perde, perde todo mundo. O alan trabalha e sempre busca o seu melhor. A falta do gol saiu do pé dele, então, acho forte esse critica em cima do Alan Mineiro. Se for para criticar tem que criticar todos. Ele não perdeu o jogo sozinho, ele é um cara espetacular”, comenta

O Tigrão ficou vinte uma rodadas na zona de acesso, mas depois que perdeu a vaga não conseguiu retornar ao G-4. Matematicamente a equipe goiana ainda tem condições de alcançar o acesso à Série A. Nesta terça-feira, o Vila Nova chegou ao seu quinto empate consecutivo em casa. As equipes que igualaram o placar no Serra Dourada foram: Brasil de Pelotas, Goiás, Oeste, Santa Cruz e Figueirense.

“Se tivermos chances iremos buscar até o final. Se acabar o campeonato para nós, temos que ser dignos e honrar a camisa do Vila Nova. Vamos buscar a melhor posição e fazer uma campanha melhor da que foi ano passado”, diz

Faltando apenas duas rodadas, os clubes começam a pensar na renovação de contratos de alguns jogadores. Wesley Matos chamou atenção da equipe colorada neste ano. O zagueiro foi uma dos destaques do elenco e agradou os torcedores. O contrato do jogador vai até o final deste ano.

“Tivemos contato logo após o Goiano, mas deu uma esfriada com o início da série B. Agora tenho certeza que eles iram entrar em contato comigo. e se Deus quiser eu possa ficar no Vila Nova para o ano que vem”, finaliza.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757