Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria VNFC
alipio.assessoriavnfc
O Vila Nova não vem tendo vida fácil nessa Série B. Após um começo arrasador, permanecendo 22 rodadas no G4, hoje a equipe se encontra em 5º lugar com 51 pontos, podendo ser ultrapassado pela equipe do Oeste. Além disso, estão quatro pontos a menos que o 4º colocado, o Ceará, que ainda não jogou nessa rodada, podendo aumentar a vantagem para sete pontos.

Vice-artilheiro do Vila Nova com 7 gols, o meia atacante Alípio era peça importante e decisivo em muitas partidas mas sofreu uma queda de rendimento nas últimas três partidas. Perguntado se o jogador tem consciência disso, o meia respondeu.

"Acho que não. Pude fazer o gol da vitória contra o Criciúma. Tive uma atuação regular contra o Paraná, mas enfim, foram os resultados que nós não esperávamos e merecíamos mais. Eu não acho que cai de rendimento não", afirmou.

A equipe colorada só volta a campo na próxima sexta-feira (3), quando encara o Paysandu jogando no estádio Curuzu. O time de Alípio precisa ser forte nesta reta final para tentar o acesso a primeira divisão, já que faltam apenas sete rodadas para o fim do campeonato. Alípio falou sobre o que esperar do adversário paraense.

"De agora em diante, todos os jogos serão decisivos. Infelizmente agora a gente não depende apenas do nosso esforço, depende do tropeço dos nossos adversários diretos e isso é uma pena. Perdemos uma grande oportunidade contra o Paraná de voltar ao G4 e depender só de nós. Mas esse jogo já passou e o desafio agora que tem em frente é esse e vencer e esperar pelo tropeço de alguns dos nossos adversários pelo acesso", finalizou.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757