Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
wesley m 744
O Vila Nova perdeu para o Paraná nesta terça-feira (25) e se viu ainda mais distante do G4, ficando a quatro pontos do 4º colocado Oeste, mas que ainda não jogo esta rodada e encara o Internacional, no Beira-Rio. Capitão e titular da zaga colorada, o experiente Wesley Matos tem um papel importante no elenco, não deixar os jogadores abatidos após mais uma derrota e outra rodada sem estar no G4.

"Isso (a derrota) só fortaleceu ainda mais a nossa luta, nossa vontade de querer voltar para o G4. Meu papel nesse momento é chamar a responsabilidade. Chamar para mim, para o Alemão, conversando com os mais experientes aqui, que agora é a nossa hora de bater no peito e levar essa galera junto e se possível carregar todos nas costas para alcançar nossos objetivos", afirmou.

Seis jogos é o que restam para a equipe do Vila no Brasileiro Série B. O Tigre precisa vencer pelo menos cinco e torcer pelo tropesso dos outros adversários. Três jogos são fora e três jogos são em casa. O elenco não pensa nas contas para subir e sim focar cada jogo em seu próximo adversário.

"Momento agora é vencer e não dependemos mais só de nós. É vencer jogo a jogo para vermos o que acontece. Vamos buscar nossa meta, 63 pontos. Se não for suficiente, veremos se tem como buscar mais pontos e se não tiver, esse é o nosso objetivo o qual tentaremos conquistar", finalizou.

O Vila Nova entra em campo novamente na próxima sexta-feira (03), às 21h30, no Estádio Mangueirão.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757