Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria VNFC
hemersonmaria.assessoriavnfc
O Vila Nova não segurou a pressão no Durival Britto e perdeu para o Paraná por 1 a 0 na noite desta terça-feira (24). Resultado muito frustrante para o Tigre já que o confronto era direto pelo G-4 da Série B. Com esta derrota, o Vila está agora há cinco pontos do time paranaense e vê as chances de alcançar o tão sonhado acesso mais difíceis. Após a partida, o técnico Hemerson Maria comentou sobre a situação.

“Não jogamos a toalha, são mais seis jogos pela frente e temos um grupo de jogadores que sente muito a derrota no momento, mas é um grupo guerreiro e batalhador e nesse momento nos agarramos na esperança, enquanto tiver 1% de chance teremos 99% de fé”, afirmou.

Matematicamente, o Vila Nova ainda tem chances de conquistar o acesso. Mas para isso, precisa vencer cinco dos seis jogos que faltam para acabar o campeonato e torcer para tropeços de seus adversários. No duelo desta noite, o time colorado fez um primeiro tempo superior e até teve mais chances claras de gol (em uma, Alípio colocou a bola na trave, em outra o goleiro adversário fez um milagre no chute colocado de Alan Mineiro). Hemerson afirmou que as forças vão vir destas boas atuações e dos jogos pela frente.

“A força vem na quantidade de jogos que temos para disputar ainda. Sempre falei que somos a única equipe do G4 que não tivemos uma sequencia de vitorias. Infelizmente saímos daqui sem fazer gol e tivemos chances claras no primeiro tempo. No segundo faltou tranquilidade para definir o jogo. Conversamos que jogos como esse são definidos em uma bola, um erro. E isso que aconteceu, a equipe foi determinada, focada e cabe a nós agora não nos rendermos. Todos aqui tem uma história difícil no futebol, são humildes, passamos por dificuldade para chegar a esse momento, vamos lutar até quando a matemática disser que não temos mais chances. Essa derrota abate, somos seres humanos, mas quando voltarmos a Goiânia isso passa e voltaremos a trabalhar forte para vencermos em Paysandu”, destacou.

O próximo confronto agora é diante do Paysandu, no Mangueirão, na sexta-feira (03), às 21h30. O técnico Hemerson Maria terá quase duas semanas para a preparação para este duelo e também pensar em como vai montar o time, já que Gastón e Maguinho cumprirão suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757