Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

alanmineiro.assessoriavnfcApós o empate diante do Goiás neste sábado (14), por 0 a 0, e a vitória do Ceará em cima do Oeste, o Vila Nova ficou quatro pontos atrás do rival que abre a zona de classificação à Série A. O empate diante do arquirrival fez o Tigre chegar ao seu terceiro jogo consecutivo sem vencer. O próximo confronto do colorado é contra o Criciúma nesta terça-feira (17), no Heriberto Hulse, às 19h30. O atacante Alan Mineiro comenta sobre o confronto contra o Goiás.

“Nós ficamos triste porque nossa equipe criou para vencer. Talvez não tivemos a maior posse de bola, mas a nossa equipe criou para vencer. Faltou um detalhe, uma o Rangel pegou e a outra faltou um pouco de capricho. O jogador tirou em cima da linha. Fica uma frustração muito grande, mas sabemos que temos mais um confronto direto. Levantar a cabeça porque vai ser mais uma decisão”, diz.

Apesar de ser o time que mais ficou no G4 (22 rodadas), o time colorado não conseguiu ter uma sequência de três vitórias consecutivas na competição, mas sempre teve uma regularidade.“Muita gente já não acredita desde o começo. Mesmo estando no G-4 ou não, infelizmente as pessoas não acreditam em nós, mas sabemos do nosso trabalho e o que queremos, independente das pessoas. O importa é nós jogadores e comissão técnica”, comenta.

O Vila Nova vem de três rodadas sem vencer. Pela 27ª rodada o colorado empatou com o Brasil de Pelotas, por 1 a 1, em casa. Na sequência o Tigre perdeu para o Ceará, por 2 a 0, também fora do Serra Dourada. Na última rodada a equipe empatou com seu rival. O atacante Alan Mineiro fala sobre a sequência sem vitórias.

“Temos que manter a tranquilidade. Agora é o momento de nós . jogadores mais experientes, trazer os mais novos. É um momento decisivo, qualquer detalhe pode fazer com que ganhamos ou perdemos. Temos que caprichar nas finalizações um pouco mais. Tive uma grande chance e acabei pecando, mas mérito do jogador que tirou em cima da linha, mas é um momento para termos tranquilidade”, finaliza.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757