Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail


Foto: Assessoria VNFC
ph
O Vila Nova tem pela frente o arquirrival Goiás para seguir firme na luta pelo G-4 do Campeonato Brasileiro da Série B. Após ficar sem vencer as duas últimas rodadas, o Tigre saiu da zona de classificação à Série A e caiu para a 6ª colocação com a vitória do Oeste no último sábado. Mas para o volante PH, o fato de ter um clássico pela frente só aumenta ainda mais a animação das equipes.

“Não existe ânimo melhor e semana melhor como a do clássico. Temos certeza que não importa a posição do Vila Nova ou do Goiás, isso é um jogo a parte. É uma decisão que é bom de se jogar e assistir. Tenho certeza que todos estão focados e trabalho para desempenhar o melhor”, afirmou.

Para PH, o clássico contra o arquirrival vai muito além dos três pontos. Para ele, quem sair vencedor levanta a moral, a esperança e a confiança nesta reta final do Campeonato Brasileiro.

 “Não é somente os três pontos, mas sim, a postura depois. Perder um clássico não é perder um jogo, é perder um clássico. A torcida cobra diferente e nós nos cobramos diferente, tanto pelo lado positivo, quanto pelo negativo. Buscamos essa vitória de qualquer forma”, frizou.

Até o momento, a justiça definiu que a partida será com torcida única, ou seja, a do Vila Nova que é o clube mandante. PH comemorou o caldeirão vermelho que será formado, mas revelou que o fato de ser apenas uma torcida atrapalha um pouco do grande espetáculo que o maior clássico do centro-oeste proporciona.

“Essa notícias não influenciar. Claro que ficamos triste, pois é um espetáculo e todos querem ir. Querem fazer a festa quando o estádio está cheio. Nós sempre esperamos que fique tudo cheio e bem resolvido, sem confusão, mas temos que mostrar que com torcida ou sem torcida temos que mostrar o nosso trabalho”, finalizou.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757