Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria VNFC
maguinho.assessoriavilanova
Após 12 rodadas consecutivas, o Vila Nova deixou o G-4 da Série B.Com o empate diante do Brasil de Pelotas por 1 a 1, no Serra Dourada, e a derrota para o Ceará por 2 a 0, fora de casa, o Tigre caiu para a 5ª colocação com 46 pontos e pode perder mais uma posição caso o Oeste vença o Guarani neste sábado (07).

Para o clássico contra o arquirrival, o Vila Nova poderá contar com um verdadeiro caldeirão vermelho. Após recorrer da decisão do juiz que determinou torcida mista, mas com limite de público, ficou definido que será torcida única no jogo do dia 14. O lateral Maguinho destacou a importância do torcedor neste momento de instabilidade.

“Precisamos muito da torcida, principalmente jogando em casa. Sentimos o apoio da torcida dentro de campo e tem sido um fator diferenciado para nós. Nós precisamos muito da confiança do torcedor nesses momentos. Precisamos ter confiança para fazer um bom jogo dentro de casa e temos certeza que vamos pontuar também. Precisamos que o torcedor nos apoie que vai ser muito importante”, afirmou.

O jogador também aproveitou para falar sobre o clima que antecede o clássico, já que ambos os times vivem situação bastante diferentes na tabela. Enquanto o Vila luta para subir, o Goiás luta para fugir da zona da degola.

“Se tratando do momento das duas equipes, tanto para eles como para nós, sabemos que eles não estão passando por uma momento muito fácil. Vai ser um jogo crucial para eles, como vai ser para nós.Vai ser um clássico da grandeza como sempre foi, mas com responsabilidade ainda maior. É um clássico que terá um jogo muito brigado. É um jogo muito aguerrido, que tenho certeza que vai vencer quem prevalecer mais. Espero que seja nós”, destacou.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757