Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria VNFC
hemersonmaria.assessoriavfnc
O Vila Nova foca suas atenções para a partida de sábado (30) diante do Brasil de Pelotas, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. Após a vitória por 3 a 0 diante do CRB, o Tigre chegou a 20 partidas no G-4 da competição. A equipe colorada no primeiro turno sofreu uma goleada por 3 a 0 para o time gaúcho, sendo o único clube a fazer três gols no Vila Nova.

Os jogadores Wesley Matos e Geovane falaram em entrevistas estarem “engasgados” com o Brasil pelo primeiro jogo onde a equipe gaúcha saiu vitoriosa. Mas o treinador do Vila Nova, Hemerson Maria nega qualquer “revanche” e vê vitória como merecimento do adversário. Recentemente a equipe do Brasil vem de duas derrotas, á ultima em casa para a Luverdense.

"Será um confronto dificílimo. Não é porque vem de duas derrotas consecutivas que teremos mais facilidade. Até então o Brasil de Pelotas vinha fazendo uma das melhores campanhas do segundo turno e iniciou um trabalho de recuperação desde a chegada do Clemer. Tem um elenco com jogadores de muita força e velocidade. A expectativa é que o Vila vai encontrar muita dificuldade para conseguir a vitória amanhã", afirmou.

Hemerson Maria também falou da “rivalidade” criada pelos jogadores:

"Quanto ao jogo do turno passado, não tem nenhum sentimento de revanche do nosso lado. Pelo contrário, o resultado foi merecido e foi justo. Nós não jogamos bem aquele jogo, ou melhor, o Brasil de Pelotas jogou uma grande partida. Não tivemos chance nenhuma praticamente naquele jogo de conseguir a vitória. É um adversário que nos anulou completamente. E cabe a nós quando isso acontece, dar mérito ao adversário e ter a humildade de recomeçar e de se recuperar como foi o caso do Vila", destacou.

Faltam doze rodadas até o fim do campeonato. Apesar de ainda estar longe, o torcedor já fica ansioso e a imprensa fica curiosa em saber: “com quantos pontos o quarto colocado irá conquistar o acesso?“, o campeão com quantos pontos?”. O Vila que se encontra no quarto lugar já garantiu sua permanência pelo menos na Série B, mas em cima disso, o técnico Hemerson declarou:

"Nós temos um planejamento macro. Onde nós temos esses objetivos e que acreditamos que a partir de determinada pontuação você atinge o objetivo, por exemplo: o objetivo aqui passado pelo Felipe e pelo presidente, era a manutenção do Vila e atingimos a pontuação que historicamente garante já a equipe na competição do ano que vem, que são os 45. Historicamente fazendo o balanço, 63 pontos é o número mágico para conseguir o acesso. Mas temos que lembrar que em determinados anos, 70 pontos não foram o suficiente".

Ainda sobre a pontuação para conseguir o acesso, o treinador Hemerson ainda concluiu:

"Já em 2013, o Figueirense subiu com 60. E o Vitória em um ano subiu com 59. Então não é meio exato. Acredito que se fizermos 63, e você faz as contas e as outras equipes que chegam a 62 não te alcançam mais. Então enquanto isso não acontecer, iremos jogo a jogo e independente do resultado amanhã, iremos garantir mais uma rodada no G4 pela questão do número de vitórias e do saldo de gols", finalizou.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757