Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria VNFC
wesleymatos assessoria vila
O Vila Nova a cada jogo fica mais próximo de conseguir o acesso para a Série A do Brasileiro. A equipe, que nos últimos cinco jogos venceu quatro, está em 3º lugar da tabela, quatro pontos à frente do 5º colocado, o Juventude, seu próximo adversário. As equipes se enfrentarão nesta sexta-feira (18), no estádio Alfredo Jaconi, às 19h15.

Nos próximos cinco confrontos do colorado, três são adversários diretos na briga pelo acesso à elite do futebol nacional. Ausente na vitória diante do Boa Esporte por 1 a 0, o zagueiro Wesley Matos deve ter sua volta confirmada para a partida de sexta. Ele sabe da importância de vencer um rival direto na tabela.

"Não é somente vencer por ser um confronto direto. Se vencermos aumentamos a diferença para o Juventude. Nó iremos buscar a terceira vitória consecutiva, ainda não conseguimos isso no campeonato, por isso colocamos como meta. O time está indo bastante focado. A Série B não dá espaço para perder. Conseguimos com muito esforço essa distância e temos que manter", afirmou.

O zagueiro, que vinha sendo poupado nas últimas rodadas devido a um desconforto muscular, volta a ficar à disposição após a suspensão do zagueiro Alemão para a partida diante do Juventude e comentou sobre suas dores.

"Não estou sentindo mais nada. Estou voltando inteiro para ajudar meus companheiros. Em relação ao Bruno nós já jogamos juntos e iremos fazer uma grande partida", comentou.

O Vila Nova é o terceiro colocado na Série B, com 35 pontos. A equipe sofreu apenas dois gols nas últimas cinco partidas. Não só o ataque que merece parabéns, mas também a defesa, que se mostra bastante sólida após vinte rodadas do Brasileiro Série B, sofrendo somente 17 gols na competição.

"Para quem está com uma boa sequência de jogos acaba sofrendo bastante. Nós sabemos a qualidade dos profissionais que nos substitui. Foram duas vitórias e duas partidas sem tomar gol. Nosso grupo está muito equilibrado em todos os setores", finalizou. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757