Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail


Foto: Assessoria VNFC
hemersonmaria.assessoriavilanova
O Vila Nova encara o Boa Esporte nesta sexta-feira (11), no estádio Serra Dourada, novamente de portões fechados. Terceiro colocado na Série B, o colorado pode se distanciar ainda mais de seus concorrentes ao acesso, já que o Criciúma que abriu o returno venceu mas está a três pontos de distância e o Juventude, 5º colocado perdeu ainda nesta rodada.

Hemerson Maria conta com desfalques na partida de amanhã, como o zagueiro Wesley Matos, que está com desgaste muscular. Alan Mineiro está suspenso e Wallyson ainda é dúvida para a partida. Para o treinador, vencer é abrir uma vantagem favorável para quem pensa no acesso a primeira divisão nacional.

"Hoje nós não podemos nos dar o luxo de dizer que vamos nos preservar. O atleta que realmente não for ao jogo amanhã é porque não tem condição de jogo, o caso do Wesley (Matos). Não se vence campeonato e não se consegue o acesso com onze jogadores. Nós já demos demonstrações de ter desfalques e conseguirmos os resultados. Amanhã vamos ter que comprovar que o Vila tem um elenco forte, unido e batalhador e que vai a busca da vitória, importante para ficar no G4", afirmou.

Adversário do Vila no jogo de sexta (11), o Boa Esporte nos últimos seis jogos, venceu três e empatou três e se vencer, pode se aproximar do G4 chegando aos 31 pontos. O comandando Hemerson Maria comandou o treino desta quinta-feira de portões fechados, para não dar qualquer pista à equipe mineira.

"Quando nós tínhamos a equipe definida, todo mundo sabia a escalação do Vila. Dependendo do que acontecer com o Wallyson, nós já temos o Alan Mineiro fora, pode acontecer a situação da maneira de jogar e isso é importante para que eu possa surpreender o meu adversário. Se eu já der de “mão beijada” pro Nedo (Técnico do Boa Esporte, ele é um cara muito inteligente e vivido no futebol. Ele já vai ter 24 horas para preparar a sua equipe para o jogo. Então não é suspense nenhum e acredito que isso não ganha jogo, mas ajuda a confundir um pouco o adversário", finalizou.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757