Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria VNFC
hemersonmaria.assessoriavnfc
O Vila Nova entra em campo nesta terça-feira (01) contra o Náutico, no Estádio Serra Dourada, às 20h30. A partida é válida pela a 18ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O colorado vive um excelente momento na competição ocupando a vice-liderança, com 29 pontos. A diferença para o América-MG, líder da competição, são de apenas quatro pontos. 

"Hoje está muito imprevisível definir qual serão as quatro equipes que irão brigar. Brinquei com os atletas dizendo que 'subimos uma montanha' que seria a vitória sobre o Internacional. Mas temos que ter o equilíbrio por que olhamos para trás e vemos as equipes coladas. Não podemos dar ao luxo de tropeçar, por que se tropeçarmos podemos cair várias posições. Temos que ter um equilíbrio emocional que tivemos quando perdemos para o Paysandu e Santa Cruz. Temos projeção de fazer uma boa pontuação nesse primeiros turno", ressalta Hemerson Maria. 

Mesmo em um bom momento na competição, o Vila Nova não poderá contar com o apoio da sua torcida. O colorado cumpri a punição estipulada pelo Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) de realizar quatro partidas de portões fechados. 

"O momento é maravilhoso com o Vila Nova dentro do G-4. Ontem (domingo) tivemos um recepção no aeroporto surpreendente que fiquei muito feliz. Quero parabenizar os torcedores que foram lá. Quando se joga de portões fechados sem o apoio do nosso fiel torcedor temos que fazer um preleção um pouco mais emotiva. Mais uma vez vamos entrar no Serra Dourada, e com o Vila Nova na segunda colocação e o estádio vazio, isso é muito triste. Mas temos superado isso e não podemos ficar lamentando, temos que cumprir a pena", diz. 

O Vila Nova enfrentará o Náutico. A equipe pernambucana ocupa a lanterna da competição, com 8 pontos. A equipe vem de uma derrota para o Criciúma, por 2 a 1,no último sábado. Caso o colorado vença equipe visitante poderá se aproximar da liderança da competição. A diferença do Tigrão para o quinto colocado e de apenas dois pontos. 

"Hoje o Vila Nova é uma equipe grande dentro do centro-oeste, mas o time a nível nacional precisa de uma recuperação, fazer boa campanha na Série B e disputar o G-4 como estamos disputando. Para que tenha um respeito maior das outra equipes. Chegamos em Florianópolis agora e o respeito era outro. Então isso mostra que o Vila Nova vem recuperando o seu nome no cenário nacional e isso é muito importante. Falo para os jogadores que temos que mirar no sol para alcançar as estrelas. O sol é o título. Temos que buscar o título", finaliza. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757