Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria VNFC
hemersonmaria.assessoriavfnc
O Vila Nova tem um difícil duelo pela frente pelo Brasileiro Série B. O time colorado encara o Figueirense, no Orlando Scapelli, neste sábado (29), às 16h30. Apesar de estar em um momento ruim (o Figueira é o 18ª colocado com 16 pontos), o time de Marcelo Cabo sofre pressão por bons resultados e vai contar com o forte apoio da torcida. 

Hemerson Maria destacou o perigo de jogar contra um adversário que é busca se recuperar na tabela, mas lembou da importância de conquistar os três pontos fora para retornar ao G4, já que o Internacional já jogou nesta rodada e venceu, ultrapassando o Vila Nova na 4ª colocação com 28 pontos. 

"Representa nossa permanência dentro do G4 independente de qualquer resultado que aconteça na rodada. Representa também uma importante vitória em cima de uma grande equipe que apesar de não viver um bom momento, tem uma estrutura fantástica, torcida presente, histórico de Série A e fez investimento para subir. Uma vitória lá nos dará ainda mais confiança para seguirmos o nosso caminho", afirmou. 

Para o duelo o Vila Nova possui dois desfalques. Hemerson Maria levou foi expulso do banco de reservas na partida contra o Internacional por reclamação, quem comandará o time em campo serão os auxiliares Emerson Rocha e Galuber Caldas. Além dele, Geovane também foi expulso na mesma partida. O treinador falou da falta que o jogador vai fazer, mas destacou a importância de poder contar com Caludinei. 

"Ele é o terceiro melhor em desarmes no campeonato, um dos melhores passadores, é ótimo em virada de bola, tem três gols. Ele tem números individuais muito bons e que está refletindo no coletivo. Mas não vou ficar aqui lamentando a ausência dele, por trás dessa ausência tem uma oportunidade. O Vila Nova é muito forte coletivamente, acho que não vamos ter queda de rendimento", finalizou. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757