(Foto: Comunicação / Vila Nova FC)
alemao3
Após a vitória do Internacional na última terça-feira (25) contra Oeste, por 2 a 0, o Vila Nova saiu do G-4. A equipe colorada ocupa a 5ª colocação, com 26 pontos. Caso o Tigrão vença na próxima rodada, pode voltar a zona de acesso. Apesar da concorrência com o adversário gaúcho, o zagueiro Alemão ressalta a importância de pensar também nos outros adversários da competição.

"O nosso campeonato não é particularmente com o Internacional. É uma equipe que vai brigar pelo G-4 até o fim do campeonato. Temos que saber que a nossa briga não é com eles. Tem outras equipes que também estão brigando pelo G-4. A rodada boa é a rodada que nós  vencemos. Independente do resultado do nosso adversário temos que fazer o nosso papel e estamos conseguindo. O importante é quando acabar o campeonato estivermos entre os quatro primeiros", diz Alemão.

O zagueiro do colorado volta ao campo após ter sofrido lesão na costela. O jogador se recuperou e jogou as duas ultimas rodadas. Com sua saída Guilherme Teixeira assumiu sua posição. O atleta fala se está preparado para reassumir a titularidade. 

"Toda lesão atrapalha o atleta. O jogador fica um pouco desanimado, por que interrompe o trabalho que ele estava fazendo. Como venho de uma lesão na costela e jogo em uma posição que tem muito contato, fico um pouco receoso. Mas nesses dois últimos jogos a cabeça já não estava mais preocupada com a lesão. Estou me sentindo bem e isso que é o importante", comenta.

O próximo confronto do Tigrão será contra o Figueirense, no Estádio Orlando Scarpelli, às 16h30. O clube catarinense ocupa a 18ª colocação, com 16 pontos. A equipe vem de uma derrota para o América-MG, por 4 a 2, no estádio Independência.

"Nós temos que estar atento com a equipe toda. Vai ser uma guerra. Enfrentar equipes que estão na zona de rebaixamento é sempre complicado. Vão jogar em casa e como se fosse o jogo da vida deles, para saírem dessa situação. No início da competição muitos colocavam como a equipe que iria buscar o campeonato, mas hoje estão na zona de baixo. Vai ser um jogo complicado. Teremos que ficar atentos", finaliza.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757