Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria VNFC
maguinho.assessoriavilanova
O Vila Nova entra em campo neste sábado (22) contra o Internacional, no Sstádio Serra Dourada, às 16h30. Na 7ª colocação com 23 pontos, o Tigrão pode voltar à zona de acesso caso conquiste a vitória. O time colorado perdeu três colocações e buscará a vitória para retornar ao G-4. O lateral Maguinho ressalta a importância da partida para a equipe

“Nós sabíamos que na competição iriamos oscilar, mas não esperávamos que fosse neste momento. Vivo no futebol há muito tempo e sei que temos que sair dessa situação. Temos que ter tranquilidade e não sair culpando ninguém. Estamos tranquilos e sabemos que a partida será difícil. Lembro que no ano passado também tivemos uma situação parecida e conseguimos. Nosso pensamento tem que ser esse. Fazer dos jogos difíceis um momento de crescer”, comenta.  

Com portões fechados, o colorado não contará com a sua torcida. Após determinação do STJD, o clube ficará quatro rodadas sem receber seus torcedores. “A cobrança é somente do torcedor, mas internamente. Sempre seremos cobrados. Se tivéssemos  o apoio da torcida teríamos uma força a mais. A cobrança é normal, nos profissionais temos que ter essa cobrança interna. O futebol não dá margem para você relaxar pelo nível de competitividade que existe. Isso é bom por que aumentamos nossa concentração e erramos menos”, ressalta.  

O lateral ainda comenta a boa fase que Vila Nova iniciou a competição e a oscilação que a equipe passou na última rodada. O Tigre está a duas rodadas consecutivas sem vencer. 

“Não adianta você ganhar dez partidas e quando perder uma deixar cair seu rendimento. É o momento de ter maturidade. Nós estamos tomando pancadas, mas temos que ter equilíbrio e tranquilidade para que continuar na competição”, finaliza.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757