Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria VNFC
hemersonmaria.assessoriavnfc
O Vila Nova empatou com o Ceará na noite desta terça-feira (20), por 1 a 1, no Estádio Serra Dourada. O time colorado saiu na frente logo aos 17 minutos com Alan Mineiro, mas recuou e viu o adversário dominar a partida e conseguir o empate aos 21 minutos da etapa final. Esta postura defensiva que o Tigre vem adotando após abrir o placar, vem incomodando bastante o torcedor, que protestou de forma exagerada no Serra Dourada nesta terça. 

Em uma entrevista cedida após o jogo, o atacante Moisés afirmou que alguns jogadores da equipe colorada estão precisando se doar mais. Questionado se concordava com esta declaração, o técnico Hemerson Maria foi direto e não poupou elogios ao grupo. 

"Estou vendo um grupo que está se doando, se entregando, não é atoa que estamos no G4, fazia uma década que isto não acontecia. Só nós sabemos o esforço que estamos fazendo, desde o presidente até o funcionário mais humilde. Já falei aqui, por falta de entrega o Vila não vai deixar o G4. O que tem faltando nos últimos jogos é mais intensidade e ela só vai vir quando os jogadores estiverem descansados, e aí vamos conseguir manter uma constância em todos os jogos para os resultados virem sem tanta sofrencia", afirmou. 

Questionado se esta seria a postura do time na sequência do campeonato, o treinador se irritou e disse que entrega não está faltando, e também pediu para o torcedor não se abalar com comentários de que o time está jogando domente na retranca. 

"Não tem jogo fácil na Série B, é um campeonato muito equilibrado. O Vila Nova vem fazendo um grande campeonato e esses questionamentos podem afastar o torcedor, não está faltando entrega. Não somos o Barcelona para ganhar de goleada sempre, vai ter sofrimento sim. Se houver acomodação dos jogadores achando que tem jogo que é mais fácil do que outro pode prejudicar o time, estamos com determinação. Quero agradecer a presença do torcedor, nos incentivou e sem eles será sempre difícil, quem vier ao estádio vai ver uma equipe aguerrida em todas as partidas", finalizou. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757