Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: (Créditos: Futura Press)
20170620214626256 3
Em duelo no Estádio Serra Dourada na noite desta terça-feira (20), Vila Nova e Ceará empataram, por 1 a 1, pela 9ª rodada do Brasileiro da Série B. O time colorado saiu na frente logo aos 17 minutos, com Alan Mineiro, mas após a vantagem recuou demais e viu o adversário dominar a partida. Aos 21 minutos da etapa final, o juiz marcou pênalti para o Ceará, Zardin bateu muito bem e deixou tudo igual. 

Com o resultado o Vila Nova segue na 3ª colocação com 15 pontos, um a mais que o arquirrival Goiás e três atrás do líder Juventude. O próximo compromisso do Tigrão é clássico com o arquirrival esmeraldino. O confronto está marcado para sábado (24), às 16h30, no Estádio Serra Dourada. O mando de campo é alviverde. 

A partida 

O primeiro tempo no Serra Dourada começou muito truncado no meio de campo, as equipes marcavam bem, mas não conseguiam criar. O Vila Nova se deslocava bem pelo lado direito com Mateus Anderson, e pelo meio Alan Mineiro articulava as jogadas, que foi como saiu o primeiro gol do Tigre. O camisa 10 colorado recebeu a bola e tabelou na entrada da área com Alípio, na volta soltou a bomba para explodir o gol de Emerson aos 17 minutos. 

Após os 30 minutos o Vila Nova começou a recuar. O time colorado sofreu muito pelo lado direito com Rafael Carioca, que deu trabalho ao sistema defensivo do Tigre. O Ceará começou a gostar da partida e pressionar, apesar de não ter obrigado o goleiro Wendel a fazer nenhuma grande defesa, o time visitante alçou bolas perigosas na área e insistiu pelo empate até o último minuto da primeira etapa, mas a zaga colorada se saiu muito bem soube segurar. 

No segundo tempo o Vila Nova seguiu recuado e o Ceará voltou com tudo para tentar o empate. O time visitante não deixou se abalar em começar a etapa final atrás no placar, e partiu para cima. Cametá pela direita deu muito trabalho à zaga colorada e criou boas chances. O Tigre conseguiu se segurar até os 21 minutos quando Guilherme Teixeira deixou o braço alto dentro da pequena área e o juiz marcou pênalti.  

Zardin foi para a cobrança e se saiu muito bem: Wendell para um lado e bola para outro. O cenário do jogo mudou depois do empate, o Vila Nova saiu para o jogo, mas não conseguiu encaixar uma boa jogada para terminar a partida com a vitória no placar. 

Deixou escapar 

O time colorado saiu a frente no placar, mas após o gol de Alan Mineiro aos 17 minutos do primeiro tempo, o Vila Nova recuou demais e deixou o Ceará se acomodar na partida. No segundo tempo, o cenário não mudou, mesmo com as alterações do técnico Hemerson Maria, o Tigre não foi para cima e teve momentos em que o Ceará esteve com os 10 jogadores no campo colorado. Este problema de recuar após abrir o placar, já é um ponto que o torcedor vem reclamando a algum tempo. 

Vai pegar fogo.... 

Na noite desta terça-feira (20) o Goiás venceu o lanterna Náutico, fora de casa, e ocupa a 4ª colocação com 14 pontos. O Vila Nova, com o empate, segue na 3ª colocação com 15 pontos, um a mais que o arquirrival. Com esses resultados o maior clássico do centro-oeste, que está marcado para o próximo sábado às 16h30, pela 10ª rodada, vai pegar fogo. Enquanto o Verdão vai tentar passar o Vila na pontuação, o Tigrão tentará abrir vantagem novamente do Goiás. 

FICHA TÉCNICA     

Campeonato Brasileiro da Série B – 9ª rodada          
Jogo: Vila Nova 1 x 1 Ceará         
Data: 20/06/2017            
Horário: 21h30 (de Brasília)            
Estádio: Serra Dourada     
Cidade: Goiânia   

Gols: Alan Mineiro (17'|1ºT) para o Vila Nova ; Zardin (21'|2ºT) para o Ceará. 

Cartões amarelos: Marcos Paulo, Gastón e Guilherme Teixeira, para o Vila Nova ; Valdo, Zardin, Romário, para o Ceará. 

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)       
Assistentes: Luciano Benevides de Sousa (DF) e Ciro Chaban Junqueira (DF)           
4º Árbitro: Bruno Rezende Silva (GO)     

VILA NOVA: Wendell; Léo Rodrigues, Guilherme Teixeira, Wesley Matos e Gastón; Geovane, PH, Alípio (Moisés) e Alan Mineiro; Mateus Anderson (Walysson) e Marcos Paulo (Claudinei). Técnico: Hemerson Maria.  

NÁUTICO: Everson; Tiago Cametá, Rafael Pereira, Valdo e Romário; Richardson (Felipe Menezes), Raul, Pedro Ken (Rafinha) e Rafael Carioca (Ricardinho); Roberto e Arthur. Técnico: Daniel Azambuja. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757