Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail


hemersonmaria.assessoriavilanova

O Vila Nova foi até Maceió na noite desta terça-feira (13), encarar o CRB pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O time colorado começou a partida bem e abriu o placar no primeiro tempo, mas acabou cedendo o empate para os donos da casa no início da segunda etapa. Mas o Tigrão não desistiu e  virou o placar  nos acréscimos do segundo tempo conquistando os três pontos que garantiram a permanência do time no G-4.

Um dos destaques do Vila na partida foi o garoto Marcos Paulo de 19 anos, o técnico Hemerson Maria comentou sobre o desempenho do atleta no Tigrão. “O meu primeiro contato com o Marcos Paulo não foi muito legal, ele tinha um comportamento displicente nos treinamentos, ele faltava nos treinamentos, nos tratamentos do departamento médico, e nós tivemos uma conversa dura com ele, que se ele quisesse ser jogador profissional que teria de mudar a postura, ele entendeu o recado, continuou trabalhando conosco. Ele está tendo as oportunidades, cabe a ele agora aproveitá-las pra ter uma sequência maior e se tornar um jogador importante dentro da história do Vila”, afirmou o treinador.

O Tigrão enfrenta na próxima rodada o Brasil de Pelotas fora de casa no estádio Bento Freitas. Hemerson falou sobre a preparação para a partida e as dificuldades que o Tigrão vai encontrar. “A princípio não temos nenhum problema de ordem médica, vamos viajar amanhã para Goiânia, os jogadores vão descansar e se apresentar, fazer avaliação médica, e aí nós vamos eleger um grupo para viajar e encarar o Brasil de Pelotas que vai ser um jogo difícil, pela questão do clima, do campo pesado, vamos ter que jogar no nosso limite para trazer esses três pontos para manter o Vila no G-4 que é muito importante”, concluiu o técnico. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757