Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Cláudio Reis
vilanova aparecidense claudioreis
Em partida emocionante o Vila Nova empatou por 2 a 2 com a Aparecidense, no Estádio Annibal Batista de Toledo, e conseguiu a classificação para a grande final do Campeonato Goiano após 12 anos. O time colorado havia vencido a partida de ida por 2 a 1, no Serra Dourada, e tinha a vantagem do empate neste jogo da volta. Geovane e Moisés garantiram a classificação do Tigrão. Washington e Hélder anotaram para os donos da casa.

O Adversário do Vila Nova na final do Goianão será o arquirrival Goiás, que garantiu sua vaga na tarde deste domingo (23), no Serra Dourada, diante do Atlético ao empatar por 0 a 0. Na primeira partida o time esmeraldino havia vencido por 2 a 1. O primeiro jogo da final acontece no próximo domingo, no Estádio Serra Dourada com o mando de campo sendo do Tigre, já que sua campanha foi inferior à do Goiás.

A partida

O jogo começou muito movimentado no Estádio Annibal Batista de Toledo. A Aparecidense iniciou pressionando mais, mas não conseguia furar o bloqueio colorado. O Vila Nova jogou novamente de forma mais ofensiva, com três atacantes, mas a recomposição atrás do Tigre era muito boa, por isso a dificuldade dos donos da casa em ter sucesso nos contra ataques. O meio de campo colorado ficou devendo, e muito. Foram poucas as jogadas de criatividade.  A Aparecidense conseguiu sair na frente com um gol de bola parada.

Washington, que fez o único gol do Camaleão na primeira partida no Serra Dourada, teve outra oportunidade idêntica que nem a daquela noite. Falta perigosa, na entrada da área, e mais uma vez, o jogador conseguiu encaixar o gol em boa cobrança aos 15 minutos. Após abrir o placar, a Aparecidense seguiu tentando ampliar, mas o Vila estava com seu sistema defensivo muito bem organizado.

Aos 30 minutos, após Moisés lutar, mesmo caído, em uma jogada em que chamou toda a marcação fora da área, Geovane pegou a bola e soltou o chute, empatando para o Tigre. Aos 44 do minutos, Wesley Matos mandou a bola no travessão e quase faz contra. A bola continuou com o Camaleão, que chegou ao gol com Hélder após rebote de Elisson.

O segundo tempo começou na mesma intensidade e ritmo do primeiro. A Aparecidense lutou para conseguir ampliar o placar, mas a marcação colorada não deixava o meio de campo do Camaleão criar. Aos 12 minutos, após bola alçada na área, Mirita pega a sobra e finalizou com força, mas Maguinho evitou o gol em cima da linha! Quatro minutos depois, Matheus Anderson fez bela jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para a área, Moisés se antecipou e empatou a partida novamente para o Tigre.

Com o 2 a 2 no placar o técnico Mazola Júnior começou a recuar o time já que a Aparecidense precisava fazer dois gols. Mesmo recuando o time colorado seguiu com maior volume de jogo e começou a criar mais oportunidades, o meio de campo finalmente começou a funcionar. Por outro lado, o técnico Zé Téodoro deixou o time ainda mais ofensivo. Aos 37 minutos, após cobrança de falta dos donos da casa, Alemão subiu com o braço levantado e o juiz marcou pênalti. Murilo foi para a cobrança, mas Elisson fez grande defesa, evitando uma possível reação da Aparecidense. Após a penalidade perdida o Camaleão diminuiu o ritmo e não conseguiu evitar sua eliminação do estadual dentro de casa.

Após 12 anos...

A última vez que o Vila Nova chegou a uma final de Campeonato Goiano foi em 2005. Hoje, após 12 anos, em uma semifinal emocionante nas duas partidas com polêmicas, surpresas, pênaltis, defesas, correria e muita raça, o time colorado está novamente na final do Goianão! O Vila Nova surpreendeu desde o começo da fase de grupos, realizando uma das melhores campanhas de sua história no estadual, mas depois teve uma queda de desempenho e chegou até mesmo a se classificar em último para esta fase. Mas mostrando muita determinação nas duas partidas da semifinal, o Tigre conseguiu eliminar o time de melhor campanha do Campeonato Goiano.

PAREDÃO COLORADO!

Desde que assumiu a titularidade no gol do Vila Nova, Elisson caiu nas graças da torcida e agradou à diretoria e ao técnico Mazola Júnior. Na noite desta segunda-feira (24) o goleirão teve um importante papel para ajudar o Tigre a chegar na final do Campeonato Goiano após tanto tempo. Elisson defendeu uma cobrança de pênalti aos 38 do segundo tempo, feita por Murilo, e evitou uma possível reação do Cameleão no fim do jogo.

O Profeta voltou!

Após um mês e 20 dias Moisés voltou a balançar as redes! O atacante colorado havia marcado pela última vez na oitava rodada da fase de grupos do Campeonato Goiano, na partida contra o Rio Verde, no OBA, no dia 4 de março. O Profeta, como é chamado pelos torcedores, voltou a desencantar em momento crucial e ajudou o Tigre a conseguir uma classificação para final do estadual após 12 anos. Com o tento marcado na partida na noite desta segunda-feira, Moisés chega ao seu quinto gol na competição.

Show da torcida e invasão

A torcida colorada compareceu em peso no Estádio Annibal Batista de Toledo na noite desta segunda-feira (24) para apoiar o Vila Nova. Assim como no primeiro duelo, os torcedores cantaram e pularam durante os 90 minutos. No fim do jogo alguns torcedores invadiram o campo e abraçaram os jogadores, chegaram a carregar o Moisés e comemoram junto, até mesmo, do presidente Ecival Martins. Atitude bonita, mas que pode gerar punição na partida de ida da grande final em que o mandante é o Tigre.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Goiano:    Semifinal - Jogo de volta 
Jogo:   Aparecidense 2 x 2 Vila Nova
Data: 24/04/2017
Horário: 20 horas (de Brasília)
Cidade: Aparecida de Goiânia (GO)
Estádio: Annibal Batista de Toledo

Gols: Washington (15’|1ºT), Hélder (44’|1ºT) ; Geovane (30’|1ºT) e Moisés (16’|2ºT)

Árbitro: Wílton Sampaio (Fifa)
Assistentes: Wílton Sampaio (Fifa) e Edson Antônio
4º Árbitro: Roberto Giovanny

APARECIDENSE:  Pedro Henrique; Rafael Cruz, Robson, Mirita e Foguinho; Helder, Washington (Elias), Murilo e Robert (Thiago Rômulo); Tozin (Cadu) e Aleilson. Técnico: Zé Teodoro.

VILA NOVA: Elisson; Maguinho, Wesley Mattos, Alemão e Jonathan; Fagner (Serrato), Geovane e Everton; Wallyson, Matheus Anderson e Moisés (PH). Técnico: Mazola Júnior.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757