Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

mateus andersonO Vila Nova só pensa em uma coisa: a semifinal do Campeonato Goiano contra a Aparecidense na próxima segunda-feira no estádio Anníbal Batista de Toledo em Aparecida de Goiânia. O Tigrão venceu a partida de ida por 2 a 1 no Serra Dourada e agora joga com o regulamento em baixo do braço.

No ano passado, o atacante Mateus Anderson estava no lado oposto dessa semifinal, ele foi emprestado pelo Vila para a Aparecidense na temporada passada. “Acho que a gente às vezes dá dois passos pra trás pra dar um para frente, e independentemente de onde a gente estiver tem que fazer o nosso melhor, eu fui pra lá emprestado e em nenhum momento eu abaixei minha cabeça, e é tudo no tempo de Deus na minha vida, é sempre trabalhar e nunca passar por cima de ninguém”, afirmou o atacante.

Para o duelo decisivo na segunda-feira, o técnico Mazola Júnior terá a equipe completa sem desfalques, e existe a possibilidade de o treinador entrar com um time ofensivo novamente. “Acho que a formação que ele optar entrar, o jogador que ele optar tem que dar o seu melhor pra equipe do Vila Nova. Isso aqui é uma unidade, e quem entrar vai dar o seu melhor e conseguir nosso objetivo”, concluiu Mateus.

O jogador também comentou sobre sua evolução como atleta do ano passado pra cá. “Tem muitas pessoas experientes que conversam com a gente, que passam por aqui, então a gente pega um pouco de cada e vai sempre melhorando, no trabalho também, o treinador vem sempre conversando e temos que aprender com isso”, disse o atleta. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757