Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
moises vila.divulgacao
Na quarta-feira (1), o Vila Nova entra em campo no Serra Dourada para o principal jogo da temporada até o momento. Diante do Vasco, às 21h45, o colorado disputa uma vaga na terceira fase da Copa do Brasil, competição na qual participou pela última vez em 2006.

Além da responsabilidade pelo jogo em si, o Tigre encara a dificuldade de jogar contra um grande time do futebol brasileiro. Apesar da força do adversário, Moisés acredita que o Vila está preparado para o confronto. “O nosso time, no decorrer deste ano, mostrou que somos fortes e que nos preparamos bem para este confronto diante do Vasco. Tenho certeza que vamos fazer uma bela partida”, afirmou.

Para o atacante, mesmo com o jogo sendo em Goiânia, o favoritismo é do time carioca. “Acredito que quando vamos jogar contra esses times grandes, de série A, o favoritismo é deles. Ano passado nós conseguimos ganhar do próprio Vasco pela Série B, mas o cuidado tem que existir, precisamos ter atenção, até porque eles vêm de uma derrota em clássico (1 a 0 para o Flamengo no último sábado, 25)”.

Para partida, o Vila contará com dois “reforços”. Fora da última rodada do Goianão quando o Vila Nova viajou para o Anápolis e venceu o time da casa, o meia Hiroshi e o atacante Wallyson deverão estar de volta à equipe titular contra o Vasco. Segundo Moisés, os dois atletas serão muito importantes para o confronto de quarta e não é só pela qualidade técnica.

 “São dois bons jogadores e que acrescentam muito para a nossa equipe, até mesmo pela experiência de jogar contra um clube grande. Nós sabemos que durante a partida tem aquele momento que devemos ser experientes para saber ganhar do Vasco e eles serão essenciais”.

Além do retorno de Hiroshi e Wallyson, Moisés acredita em um outro trunfo para derrotar o Vasco: a torcida. “Nós temos que propor o jogo. Vamos jogar em casa e temos que aproveitar essa vantagem do nosso torcedor. Nós sabemos que se depender da torcida, eles vão nos empurrar os 90 minutos”.

Um dos xodós da torcida vilanovense, Moisés sempre retribui o carinho recebido das arquibancadas. Para ele, a força que vem dos torcedores dá uma motivação a mais para os jogadores dentro de campo. “O torcedor do Vila é ciente da importância dele. Em 2015, por exemplo, mós fizemos grandes jogos e a torcida foi fundamental. Nesse jogo contra o Vasco, que será muito difícil, a torcida vai nos apoiar o tempo todo e ela pode nos ajudar a ganhar o jogo sim”, declarou.

Mesmo com o jogo sendo televisionado e em um horário considerado tarde para uma quarta-feira de cinzas, o atacante crê em uma boa presença dos torcedores no Serra Dourada e garante que eles farão uma festa na arquibancada.

“Quando a nossa torcida compra a briga junto com a gente, dificilmente vamos achar um time para chegar no Serra e colocar mais torcedores que o Vila. Então eu acho que será uma festa muito linda quarta-feira e eles irão nos apoiar”.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757