Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
ecival coletiva nath
O Vila Nova encarou o Rio Verde na tarde deste domingo (12) no estádio Mozart Veloso do Carmo. O Tigrão chegou a abrir 3 a 1 no placar, mas após ter Wesley Matos expulso, viu o time da casa chegar no empate aos 43 minutos do segundo tempo. Visando o jogo do meio de semana pela Copa do Brasil, o técnico Mazola Júnior entrou em campo com apenas quatro titulares. O presidente Ecival Martins se mostrou muito satisfeito com o desempenho dos reservas do time colorado. 

"Eu não gostei do resultado, mas o espírito de luta que equipe entrou foi algo impressionante. Vem provar para nós mesmos que o clube tem um elenco. Temos um time titular e um grupo reserva que se for preciso estará pronto para entrar dar conta do recado", afirmou. 

O jogo pelo torneio nacional acontece na quinta-feira (16), contra o Fast Clube, na Arena Amazônia, às 22h30. Com o novo regulamento da Copa do Brasil, se o Vila empatar ou vencer o jogo na casa do adversário, já passa para a próxima fase. Desde 2006 o time colorado não participa da competição. Ecival Martins ressaltou a importância desse jogo e o que ele pode trazer ao clube. 

"Todos no clube sabem da importância que é esse jogo, não só na questão do futebol, mas também na questão financeira. Eu acompanho o clube em todas as situações, sei que está todo mundo envolvido nisso, respirando essa expectativa. Será muito importante conseguirmos essa classificação em vários sentidos, até mesmo para recuperarmos a confiança da torcida", declarou o presidente. 

Caso consiga a classificação contra o Fast Clube, o adversário do Tigrão já está definido. Será o Vasco da Gama, no Serra Dourada, com o mesmo critério: se o time carioca empatar ou vencer no Serra, se classifica para a terceira fase.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757