Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Comunicação / VNFC
jonathan vila
Único time a vencer na primeira rodada do Campeonato Goiano, o Vila Nova volta a campo nesta quinta-feira (2), diante do Anápolis, no Serra Dourada. Mesmo após vencer o Atlético em um clássico logo na estreia da competição, o lateral-esquerdo Jonathan não vê favoritismo do Vila e acredita em um jogo complicado às 20h30.

“Vamos encarar o Anápolis da mesma forma como encaramos todos os adversários. Nós temos que dar o nosso melhor porque vai ser um jogo muito difícil. Se não me engano, ano passado eles chegaram à final, então temos que nos dedicar para sair com os três pontos”.

Apesar do bom início de temporada, o atleta pede cautela e diz que ainda há coisas para serem ajeitadas no time. “Cada jogo é um jogo. É sempre bom ganhar, mas não é todo jogo que nosso time vai estar bem. Nós temos sempre que melhorar. O Mazola tem nos passado jogadas novas a cada dia e eu espero que no jogo de hoje, dê tudo certo”.

O treinador, inclusive, tem sido apontado como um dos principais responsáveis pelo sucesso do time neste começo de ano. “Ele tem passado muita confiança pra gente e acredito que é por isso que o grupo está fazendo um bom trabalho”, afirma o jogador.

Jonathan tem 22 anos e iniciou sua carreira nas categorias de base do Grêmio. Sem oportunidades no time profissional, acertou sua transferência para o Galícia da Bahia, onde fez apenas sete jogos.  Em seguida, vestiu a camisa do Ypiranga-RS e, por último, estava no Novo Hamburgo-RS, onde fez 17 partidas pela Série D 2016.

Agora no Vila Nova, ele diz estar contente com esta oportunidade de vestir a camisa colorada. “Me acolheram muito bem aqui. Estou muito feliz jogando no Vila e vou dar o meu melhor para fazermos um bom campeonato”.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757