Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
wagnerbueno 001
Wagner Bueno chegou ao Vila Nova em 2015 e jogou durante duas temporadas, onde disputou 33 partidas e conquistou os títulos da Divisão de Acesso e da Série C. No final de 2016, o veterano de 36 anos aceitou até mesmo reduzir seu salário para renovar com o clube, mas o Vila Nova desistiu da renovação e optou por contratar Wendell, de 24 anos, atual titular do Tigrão. 

Assim que deixou o clube colorado, o Anápolis foi atrás de Wagner e ambos chegaram a um acordo salarial, onde o jogador assinou até o final do ano com o atual vice-campeão goiano. Apesar de já estar de casa nova, Wagner ainda tem assuntos a tratar com seu ex-clube, que seria o acordo financeiro realizado entre os dois após o Vila Nova anunciar que não iria renovar com ele. 

Segundo Wagner, o presidente Ecival Martins combinou de realizar o pagamento do acordo em três parcelas, uma em dezembro, outra em janeiro e a última em fevereiro, mas até o momento, duas parcelas já venceram e o clube não cumpriu com o prazo. O goleiro lamenta a situação, já que tem um carinho especial com o time. 

"Tenho muito o que agradecer ao Vila Nova, à torcida também, por esses dois anos que estive lá. É até um assunto desagradável de falar, mas não me pagaram os cheques do meu acordo, dois já venceram. Fico triste por conta de tudo que fiz pelo clube e ninguém nem se quer dá satisfação do dia que vai pagar", declarou. 

Wagner ainda afirmou que Ecival Martins não atende mais as suas ligações e nem responde mensagens, além de ainda não ter acertado com outros jogadores, como Saulo e Frontini. Apesar da situação, o goleiro disse que não pretende levar o Vila Nova na justiça por enquanto e tem esperanças de que tudo possa ser resolvido de maneira simples. 

"Eu não gosto de mexer com a justiça, acho que é um desgaste tanto pra mim quanto pro clube, gostaria de resolver da melhor forma possível, mas se não me pagarem terei que correr atrás, eu dependo do futebol para viver, preciso do dinheiro", afirmou. 

O Anápolis encara o Vila Nova nesta quinta-feira, às 20h30 no Serra Dourada, pela 2º rodada do Campeonato Goiano. Este vai ser o primeiro encontro de Wagner com seu ex-clube, mas o atleta não será o titular pelo lado do Gala da Comarca.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757