Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

(Imagem: Reprodução/VNFC)
ecivalmartins.2017
Ano novo, time renovado e postura interna diferente. O Vila Nova, se depender da vontade e administração do presidente Ecival Martins, retornará aos tempos de raça em campo, mas com o acréscimo de um relacionamento entre todos os departamentos do clube. Para o mandatário colorado, esse é um dos principais fatores que o Tigre deve continuar mantendo nos próximos anos para sucesso da equipe no futebol.

“Sei que não conquistamos nada, começamos um campeonato muito difícil, mas o Vila Nova a partir de agora será assim: relacionamento. Tenho muita proximidade com os jogadores do clube e converso com todos. O Vila precisa voltar a ser notabilizado pela raça, que algo que pontuo para eles (atletas). Graças a Deus estamos começando bem esse trabalho e nossa equipe está se transformando em uma família. Todos nós vamos lutar um pelo outro”, comentou Ecival.

O presidente do Vila Nova explicou a mudança de local do confronto contra o Anápolis, válido pela 2ª rodada do Goianão, que será realizado na próxima quinta-feira (2), às 21h45 (de Brasília), no maior palco do futebol goiano, onde o time colorado derrotou neste sábado (28) o Atlético Goianiense pela estreia da competição.

“O jogo contra o Anápolis será no Serra Dourada porque não quero que nenhum vilanovense fique de fora. O torcedor do Vila Nova vai mostrar na quinta-feira porque nós somos a maior e mais apaixonada torcida do Centro-Oeste. Vamos lotar o Serra e fazer uma grande festa. E se depender deles (torcedores) nós vamos continuar jogando aqui (Serra Dourada)”, declarou.

Leia mais: Mazola Jr. comemora vitória na estreia e destaca evolução do Vila no segundo tempo

A decisão sobre os valores dos bilhetes será realizada ainda neste sábado, mas a princípio a ideia do staff colorado é que os valores sejam de R$ 60 (inteira) nas cadeiras e R$ 40 (inteira) para o setor de arquibancada. “É um preço acessível, quando colocamos um valor de ingresso pensamos em atender o torcedor e clube com as questões financeiras”, explicou Ecival Martins.

Confira demais tópicos do papo

Jogadores uruguaios

- Chegamos até redigir um pré-contrato, mas depois disso eles realizaram outras exigências que não foram aceitas por mim. Posteriormente eles voltaram atrás, mas futebol é muito dinâmico. Nós tivemos a grata surpresa de fechar com os zagueiros Alisson Brand e o Alemão. O Vila Nova não pode mais errar nas contratações.

Chegada de Alisson Brand

- Houve interesse do atleta, vendo o currículo dele pensei: ‘por que ele viria jogar no Vila Nova?’. Fiz essa pergunta para ele (Alisson) e me respondeu chorando que precisa reconstruir sua carreira. Ele destacou que só quer uma oportunidade e afirmei que as portas do clube estão abertas.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757