Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

(Imagem: Reprodução/Vila Nova)
ariel mamede vila nova
O time sub-20 do Vila Nova tem um ‘novo-velho’ comandante. Ariel Mamede retorna ao time colorado depois de estar à frente do Atlético na Copa São Paulo de Futebol Júnior. O técnico de 27 anos havia trabalhado na mesma categoria do Tigre em 2015, além de um retrospecto de serviços prestados na base colorada.

“Deixei um certo legado e história que foi positivo para me trazer de volta. É um novo começo, tenho que começar com os pés nos chão e com muita atenção. Espero crescer dentro do clube. O Vila Nova foi onde comecei e pretendo agregar o máximo possível”, disse o treinador.

Ariel explica que além de conquistar a valorização na profissão e poder pensar em voos mais altos, os motivos que fizeram ele retornar ao clube colorado foram a aproximação, tanto de identidade como de contato com os profissionais da equipe, incluindo jogadores da base e diretoria, por exemplo. Ariel pontuou durante sua apresentação na tarde da última terça-feira (17) as notáveis diferenças que ele enxerga entre Atlético e Vila Nova.

“O Vila vê de uma maneira diferente as categorias de base, o Atlético, por sua vez, passa por uma mudança nesse sentido. Algo que aqui (no Vila Nova) já ocorre há muito tempo o investimento na base”, opinou Ariel Mamede.

Contudo, seu último trabalho, pelo Atlético, foi histórico. O Dragão fez sua sétima participação na Copinha, mas primeira vez o clube atleticano avançou para fase eliminatória, sendo eliminado diante do Paulista, que ontem garantiu classificação à semifinal do torneio ao vencer a Chapecoense por 1 a 0. Mamede já sabe que no Vila Nova ele terá que repetir o sucesso. “A ordem da diretoria é: conquistar títulos e revelar jogadores. A intenção é fazer que o atleta chegue no profissional com perfil de vencedor”, declarou Ariel.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757