Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Imagem: Odilon Costa/Apito Esportivo
vila nautico copasp
O Vila Nova encontrou algumas dificuldades, mas estreou com vitória na Copa São Paulo de Futebol Júnior nesta terça-feira (3). Pelo Grupo 2 da competição, em Tanabi, o clube colorado venceu o Náutico por 2 a 1, após estar atrás do placar. O resultado coloca os comandados de Lucas Oliveira na liderança da chave, com três pontos e melhor critério de desempate. Isso porque, no outro duelo do chaveamento, o Mirassol venceu o Tanabi por 1 a 0.

A segunda rodada do Grupo 2 ocorre na próxima quinta-feira (5). A partir das 14 horas, o Vila Nova pode, contra o Tanabi, garantir sua classificação, dependendo dos resultados. Às 16 horas, o Náutico duela contra o Mirassol. As duas partidas serão disputadas no estádio Prefeito Alberto Victolo.

1º tempo

O Vila Nova começou a partida com melhor movimentação ofensiva. O time goiano, com a dupla Aquino e Marcos Paulo, assustou em algumas ocasiões o goleiro Sérgio, do Náutico, mas nada que tirasse o zero do placar. Os comandados de Lucas Oliveira durante a primeira etapa dominaram a posse de bola, mas faltou objetividade no momento das finalizações.

A partir dos 20 minutos o Náutico equilibrou o certame, levando perigo nas bolas paradas e durante os contra-ataques. Foi justamente em uma saída rápida ao ataque que o Timbu conseguiu um escanteio. Na cobrança, a bola encontrou o zagueiro Ruan, que aos 31 minutos do primeiro tempo, abriu o placar no estádio Prefeito Alberto Victolo.

2º tempo

Luisão e Marcos Paulo comentaram após retorno do intervalo que o clube colorado jogou melhor e precisava caprichar nas jogadas ofensivas. O mesmo foi ratificado pelo treinador Lucas Oliveira. E na volta do intervalo, logo aos três minutos, o Vila Nova foi recompensado com o gol de empate. Marcos Paulo, de pênalti, marcou o primeiro gol do Tigrinho na Copinha.

O gol de empate, no entanto, não assustou o Náutico. O clube de Recife partiu para cima do time goiano e voltou assustar a meta defendida pelo goleiro Gabriel nas bolas paradas. Nos primeiros 15 minutos do segundo tempo, o paredão colorado parou, em duas oportunidades, o ataque alvirrubro comandado pelo meia Índio.

A partir dos 25 minutos a partida esfriou tecnicamente, mas as equipes mativeram suas respectivas posturas. O Náutico seguia assustando por meio de bolas paradas enquanto o Vila Nova buscava saídas nos contra-ataques. Foi justamente em uma descida rápida ao ataque (e com muita raça) que David, aos 47 minutos da etapa final, encontrou o lateral Juninho, que tinha acabado de entrar em campo, finalizar para o fundo da rede do Náutico garantindo a vitória do Tigrinho e, de quebra, colocando o Vila Nova na liderança do Grupo 2.

FICHA TÉCNICA

Náutico 1x2 Vila Nova
Data: 03/01/2017
Horário: 16h00
Local: Estádio Prefeito Alberto Victolo (SP)

Árbitro: Katiúscia Mota Lima (SP)
Assistentes: Augusto Faria  Calabio (SP) Anderson Lucas de Lima (SP)

Gols: Ruan, aos 31’ do 1T (NAU) | Marcos Paulo, aos 3’ do 2T e Juninho, aos 47’ do 2T (VIL)

Cartões amarelos: Girão (NAU)

NÁUTICO: Sérgio; Girão, Ruan (Valdir) e Felipe; Celestino (Philip), Pedro João (Daniel), Erick, Lucas (Wagner), Luiz Henrique (Rhaldney) e Índio (Paulo); Gerônimo. Técnico: Márcio Galuppo.

VILA NOVA: Gabriel; Daniel, Luisão, Brunão e Rafinha (Juninho); Lucão, Batata, Albano, Everton (Philippe); Aquino (David) e Marcos Paulo (Vinícios). Técnico: Lucas Oliveira.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757