Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
tite.coletiva
A Seleção volta a campo nesta quinta-feira (31) para enfrentar o Equador em jogo válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Já garantido na Rússia em 2018, o Brasil jogará diante de seu torcedor, na Arena Grêmio. Tite fez uma surpresa na escalação para o jogo de hoje, o meia Willian substituirá Philippe Coutinho, que fica fora por conta de uma lesão nas costas e também por sua negociação com o Barcelona. O meia não participou do início da temporada na Inglaterra e por isso ficará no banco.

"Willian está jogado, está bem. Por uma questão de justiça, ele inicia e o Coutinho fica como opção. Nós convocamos com 15 dias de antecedência. Eu tenho a dimensão da possibilidade da troca de clube, tenho que estar atento a isso. Mexe com o emocional, a vida do atleta, mas, ao mesmo tempo, a essência é a seleção brasileira. Um atleta do nível do Coutinho, estando bem, seria convocado. Ele teve seu problema e o diagnóstico foi de fazer transição de campo. Houve contato com o médico, o preparador físico e os dirigentes do Liverpool, para temos a possibilidade de não abrir mão de um atleta do nível do Coutinho", afirmou.

O Brasil já está garantido na Copa do Mundo de 2018 e entra em campo sem precisar somar pontos, mas o treinador Tite falou sobre a pressão que terá para manter o nível alto jogo a jogo e aproveitou para exigir isso publicamente.

"Tenho que ter uma noção para fazer ajustes e a equipe se consolidar, e botar pressão. Eles estão pressionados porque o técnico quer resultado, quer que joguem bem e sejam competitivos. Esse compromisso e essa pressão foram ditas a eles, e agora estão colocados publicamente", finalizou.

A provável escalação do Brasil diante do Equador será: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto, Willian e Neymar; Gabriel Jesus.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757