Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

(Foto: Rafael Ribeiro / CBF)
3175048062 tite cbf 1024x576
O técnico da Seleção Brasileira de Futebol, Tite, concedeu entrevista exclusiva para a Rádio 730 na última quinta-feira (27). O treinador comentou sobre suas perspectivas para a Copa do Mundo na Rússia em 2018 (que a 730 irá cobrir), a possibilidade de Neymar sair do Barcelona, dúvidas sobre convocações, Seleções concorrentes ao título e muito mais, para conferir a entrevista completa clique aqui.

Entre os assuntos citados pelo treinador, nossa produção tocou o que, talvez, mais gere dor de cabeça em Tite: os goleiros. O que não faltam são opções para o comandante nesta posição, que comemora a boa fase dos jogadores brasileiros. "Não é nem uma dor de cabeça, mas sim uma possibilidade de ter grandes atletas de alto nível e encontrar aquele no melhor nível está", afirmou. 

Ouça as respostas de Tite na Rádio 730:

Tite explicou ainda como é feita a avaliação, junto do preparador de goleiros Taffarel, dos jogadores que terão a oportunidade daqui para frente, já que faltam menos de um ano para a Copa do Mundo e as escolhas são feitas cada vez mais de forma cautelosa.  

"Uma convocação tende a alguns aspectos: ao passado do atleta, como foi a construção da carreira dele, se teve apenas picos de performance e de elogios ou se manteve ao longo de dois anos um grande momento, desempenho técnico. Ao presente, que é o mais importante, ele precisa estar em uma grande fase. E ao seu futuro porque projetamos daqui um ano também. Dentro disso tudo e no acompanhamento do Taffarel ele vai buscar atletas", explicou.  

O treinador também mencionou alguns nomes que possui em mente. Uns já são conhecidos do torcedor brasileiro, já que Tite os convocou em algumas oportunidades, outros podem ser novidades e surgir como um fator surpresa, como é o caso de Diego Alves. O goleiro passou os últimos 10 anos no futebol espanhol e assinou recentemente com o Flamengo para ficar mais próximo de ter uma oportunidade com Tite.  

"Alisson já estrou na Roma; Ederson também fez sua estreia no Manchester City; Weverton é campeão Olímpico; Cássio vem fazendo um extraordinário Campeonato Brasileiro, nos últimos cinco anos ele tem cinco títulos, incluindo um Mundial e isso pesa bastante; Vanderlei que nos últimos dois anos vem jogando muito bem", finalizou.  

O próximo compromisso da Seleção é pelas Eliminatórias Sul-Americanas no dia 31 de agosto. Na Arena Grêmio, o Brasil recebe o Equador. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757