Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

eduardo brockNesta segunda-feira (11) o novo reforço do Goiás, Eduardo Brock, concedeu entrevista ao repórter André Rodrigues no programa Toque de Primeira da Rádio 730. Eduardo chega ao Goiás com contrato de dois anos e na expectativa de ser uma das peças fundamentais na defesa do esmeraldino. O jogador fez uma excelente campanha no acesso do Paraná para Série A. Brock comenta sobre os objetivos para 2018, como surgiu a proposta de jogar no Goiás e sua expectativa no Verdão.

Confira entrevista completa;

O que levou você a acertar com o Goiás?

- O projeto como um todo e saber do crescimento que posso ter profissional. Sei que nós junto com o Goiás podemos fazer um bom 2018. Assim como fiz um bom 2017 quero repetir em 2018. Com certeza quero levar o Goiás para a série A, pois está a três anos na Série B e precisa subir. Esse é meu intuito. Esse projeto me pareceu muito bom e favorável para minha carreira. Claro que envolve uma questão boa de contrato. A relação de ser uma cidade boa e isso me ajudou muito. A grandeza do Goiás nem precisa ser dita. Tenho um prazer enorme de vestir essa camisa. Venho com contrato de dois anos. 

Como você recebe o rótulo de “Xerifão”?

- Na verdade nesse ano de 2017 fui um dos lideres do Paraná durante todo ano. Sei da importância que tive no Paraná e posso aplicar isso no Goiás. Posso contribuir muito junto com os meus companheiros. Acho que é muito bom ver as pessoas gostarem do meu nome. Já me deixa mais tranqüilo quando for me apresentar, mas vou fazer o melhor que o Eduardo Brock sabe fazer. 

No extra-campo você também será comprometido com o Goiás?

- Com certeza. Acho que o jogador tem que ter profissionalismo. Agora em janeiro vai nascer meu filho isso já mostra que sou uma pessoa de família, não sou uma pessoa que vivo na rua. Com certeza vou fazer o máximo possível. O Goiás hoje contrata pessoas com certo perfil. Tem um perfil bom é muito importante, pois o campeonato é longo. Temos que nos cuidar for de campo. Precisamos de jogadores com profissionalismo alto para que possamos alcançar o objetivo. 

Qual recado você deixa para a torcida esmeraldina?

- Pode ter certeza que vamos representar muito bem a camisa do Goiás. Vou fazer o meu máximo assim como fiz no Paraná. Vou fazer até mais pelo Goiás. Vou colocar no lugar onde não deveria ter saído. Sou um jogador com muita raça que vai brigar até o último minuto. Já pessoa para que a torcida nos apoie e venha ao estádio comprando a idéia. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757