Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria GEC
treinopreocupados
O ano de 2017 começou até bem para o Goiás. O time esmeraldino foi tricampeão goiano em cima do arquirrival Vila Nova e tudo se encaminhava para uma Série B com o final sendo a tão sonhada volta à elite do futebol brasileiro. Mas o sonho virou um pesadelo que parece não ter fim para o torcedor.

Com várias trocas de treinadores (quatro no total), diretores de futebol e renúncia de presidente, o time alviverde termina o torneio comemorando o tropeço dos adversários diretos para não correr riscos de ser rebaixado à Série C.

Mesmo faltando uma rodada para a competição acabar, já é certo que a Série B 2017 ficará marcada como a pior campanha do Goiás na história da competição. Na 15ª colocação com 44 pontos, caso a equipe vença o Oeste fora de casa na última rodada, o máximo que pode chegar é a 47. A pontuação mais baixa do esmeraldino no campeonato havia sido ano passado, quando terminou em 13ª com 50 pontos.

Em 37 rodadas, o Goiás venceu apenas 12 jogos, empatou 8 e perdeu 17, 44 pontos conquistados de 111 possíveis. Foram 34 gols marcados e 45 sofridos, um aproveitamento de 39,6%.

Lembrando que a equipe esmeraldina já venceu a Série B em duas oportunidades: 1999 e 2012. Foi vice-campeão em 2014. Em 2011 terminou em 11ª lugar com 52 pontos. E em 2016 ficou na 13ª colocação com 50.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757