Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria GEC
whatsapp image 2017 11 03 at 23.46.20
Em busca da permanência na série B, o Goiás volta a campo somente na próxima terça-feira contra o Londrina, no estádio do Café, às 20h30. O esmeraldino está há sete rodadas sem perder. O esmeraldino ainda não tem vaga garantida, mas de acordo com a projeção de 45 pontos, a equipe precisa de mais dois pontos para se garantir na série B. O time mostrou reação após a chegada de Hélio dos Anjos ao comando do alviverde. O meia Léo Sena comenta sobre a importância do comandante para equipe no ano que vem.

“Creio que nosso time conseguiu encaixar agora no final do campeonato, se continuar será legal. Mas a diretoria sabe o que faz, pois são excelentes profissionais, mas creio que ano que vem com o Hélio aqui será um ano diferente, pois ele já conhece bem o grupo e já fez uma base”, afirma.  

O Goiás vem de dois empates consecutivos em casa. Com o Guarani a equipe esmeraldina manteve a igualdade com placar de 1 a 1. Na última rodada o Verdão empatou com Criciúma, por 1 a 1, no Serra Dourada. “Nesses dois último jogos que disputamos em casa, quando fizemos o gol nossa recuamos um pouco. Acho que foi isso que nos prejudicou e tomamos o empate. Os dois jogos no final que tomamos o empate. Creio que contra o Londrina quando fizermos o gol não recuarmos tanto para quem sabe fazer um dois a zero e ficar mais tranquilo”, comenta.

Mesmo com um ano razoável, o atacante Carlos Eduardo foi um dos destaques do alviverde. Com nove gols no campeonato brasileiro o jogador foi especulado por alguns clubes brasileiro e estrangeiros. O São Paulo e o Palmeiras estaria sondando o atacante para que possa defender um dos clubes no ano que vem. Com um bom desempenho no meio de campo, Léo Sena fala sobre importância do companheiro na equipe e se também já foi procurado por outros clubes.

“Sabemos que o Carlos Eduardo vem fazendo uma temporada brilhante. Proposta vão aparecer, mas ele está focado no Goiás e vida que segue. Estou com a cabeça no Goiás e deixo para quem cuida da minha carreira”, finaliza.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757