Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Claudio Reis / O Popular
fabiosanches.claudioreis.opopular
O Goiás até saiu na frente do Guarani na noite deste sábado (29) logo aos 6 minutos com gol de Aylon, no Serra Dourada, mas viu o time adversário empatar no final do segundo tempo e deixar um gostinho amargo nos jogadores e também na torcida que compareceu em peso.

Com o resultado, o time esmeraldino chegou a 9ª colocação com 42 pontos e precisa de apenas mais três para atingir os 45 e se garantir, matematicamente, na Série B do ano que vem. Em entrevistas após o duelo, nem o técnico Hélio dos Anjos e nem os jogadores gostaram da atuação do time em campo. O zagueiro Fábio Sanches lamentou o empate, mas ressaltou o ponto conquistado.

“Ponto importante, o campeonato é difícil, era um confronto direto já que o Guarani também está brigando para não cair. Esse ponto faz diferença, olhando nossa tabela temos um número bom de vitórias, poucos empates e bastante derrotas. Talvez, se tivéssemos conseguido mais empates, poderíamos estar brigando na parte de cima da tabela. Tem dias que é assim, o time não vai bem e um ponto é importante”, afirmou.

Com este empate diante do Guarani o time atingiu a marca de seis jogos consecutivos sem perder após a chegada do técnico Hélio dos Anjos. A campanha deste returno do Goiás é uma das melhores da competição, o que faz o torcedor pensar que se o treinador tivesse chegado antes, a situação da equipe estaria diferente. Fábio Sanches concorda com este pensamento.

“Não adianta ficarmos procurando culpados, mas falando do nosso momento, do nosso treinador atual, se tivesse chego algumas rodadas antes não tenho dúvidas de que estaríamos brigando pelo acesso. Neste segundo turno estamos entre as três melhores campanhas. Nosso time está sendo competitivo, está sabendo jogar a Série B, é um elenco bom, temos peças de reposição, esperamos ficar com uma base para o ano que vem para que já possamos iniciar com um time entrosado, isso faz a diferença”, finalizou.

O Goiás entra em campo agora contra o Criciúma nesta terça-feira (31), às 19h30, também no estádio Serra Dourada.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757