Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Zuhair
vicosa.zuhair
Saiu na tarde desta segunda-feira (02), a decisão do juiz Élcio Vicente da Silva sobre o pedido do Ministério Píublico para que o clássico entre Vila Nova e Goiás pela 29ª rodada do Brasileiro Série B fosse com torcida única. O juiz optou que a partida seja com duas torcidas, mas com limite de oito mil pagantes para cada lado. Viçosa comemorou a decisão, já que o mandante é o Vila.

“Foi uma decisão justa sim. No primeiro confronto foi com torcida dos dois times, acho que seria injusto ser só com a torcida do Vila. Ficamos feliz por fazer o clássico com o apoio da nossa torcida também, só quero pedir paz. Que eles possam comparecer, aproveitar o jogo e que vença o melhor em campo”, afirmou.

O Goiás tem agora uma sequência de três jogos no Serra Dourada. Primeiro encara o Náutico, nesta sexta-feira (06), depois tem o clássico com o Tigre no dia 14 e então recebe o Juventude na terça-feira (17). Viçosa destacou os pontos positivos dessa sequência.

“Jogar em casa é sempre bom, não temos que viajar, temos mais tempo para treinar e temos também o apoio da torcida que já se mostrou presente no jogo contra o Paysandu. Temos que aproveitar essa sequência, nos impor e conquistar os resultados”, destacou.

Questionado sobre as contas necessárias para que o Verdão se afaste de vez do Z-4 e se o clássico pode gerar ansiedade no grupo, Viçosa destacou:

“Conversamos muito com o Hélio sobre isso e ele fala para pensarmos jogo a jogo, temos que vencer a partida e depois pensamos no clássico. Mas o objetivo é esse, jogos no Serra temos que vencer, pontuar. Nossa equipe é grande e temos que fazer o dever de casa”, finalizou.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757