Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

mauromachado.medicogoiasjpgO Goiás não vem vivendo uma das melhores fases da sua história. A equipe, que costumava alçar voos maiores em competições de Série A, hoje luta para não ser rebaixado para a 3ª divisão nacional. Com isso, a diretoria busca reforços que possam contribuir e tirar o verdão dessa fase ruim. Contudo, o Goiás buscou um lateral-direito, sua posição mais carente e apostaria suas fichas no jovem Railan, de apenas 22 anos, mas não deu certo.

O jogador foi especulado antes mesmo do início da Série B no Goiás, mas somente semana passada a diretoria já dava como certo o reforço, até ele ser reprovado nos exames médicos do clube. Em coletiva realizada nesta quinta-feira (24), quem veio falar sobre o caso foi o médico do Verdão, Mauro Machado, que disse não se tratar de lesão, mas suas condições físicas eram distantes dos ideias, tendo que levar um tempo para ele se condicionar.

"Todos os clubes seguem um protocolo para admissão de atletas. O nosso protocolo não bateu com a situação atual do Railan. O clube precisa de um lateral de maneira imediata. Só que em alguns aspectos ainda teríamos que esperar até que o Railan tivesse condições de participar normalmente dos jogos. Não existe uma lesão específica, o atleta não tem incapacidade para jogar futebol, nada disso. É só uma questão de tempo. De urgência. Por isso o departamento médico achou por bem que ele não fosse contratado", destacou.

O lateral estava atuando no início do ano com a camisa do Novorizontino no Paulistão e recentemente estava jogando pelo Red Bull Brasil, pela Série D. A contratação de mais um lateral-direito era um pedido do técnico Argel Fucks, que tem improvisado Pedro Bambu na posição, já que o lateral-direito Tony se recupera de luxação no ombro e, provavelmente, ficará à disposição para o jogo contra o Paraná, no dia 6 de setembro. E o boliviano Saavedra não teve boa adaptação e segue como opção no elenco.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757