Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

(Foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC)
argel fucks goias comu
Nesta quarta-feira (19) o presidente Sergio Rassi apresentou o novo técnico do Goiás. Argel Fucks chega ao clube esmeraldino após a derrota para o Londrina na última terça-feira (18), por 1 a 0, no Serra Dourada.  Aos 42 anos, Argel já comandou o Guarani, Criciúma, Figueirense, Portuguesa e Internacional. Sua última passagem como treinador foi no Vitória, onde esteve sete meses. Após ser eliminado da Copa Nordeste se envolveu em confusão nos vestiários e se desligou da equipe baiana.

Argel Fucks chega a Goiânia com a missão de ajudar a equipe na Série B. Em sua apresentação, o treinador deixou claro que no momento não pensa na Série A, mas de recuperar a equipe. 

“Eu tenho acompanhado o Goiás e já vinha há muito tempo namorando o clube. Precisamos de mobilização neste momento. Vamos fazer um treinamento de recuperação. Neste momento não podemos dar ao luxo de pensar no acesso. A Série B é muito dinâmica, se ganhamos três jogos estamos em cima, se perdemos estamos em baixo”, afirma.

O Goiás ocupa a 15ªcolocação com 17 pontos. Após a derrota contra o Londrina, o Goiás chegou a terceira derrota consecutiva na competição. O alviverde possui a mesma pontuação do Luverdense, que abre a zona de rebaixamento, na 17ª colocação.

“No futebol a cobrança é constante. Todo grande clube do futebol brasileiro tem cobrança, no Goiás não é diferente. Precisamos ter a convicção de pensar jogo a jogo, por que o campeonato é longo. O torcedor já viu o Goiás no G-4. Quando estamos na parte de cima pensamos de uma maneira, quando estamos fora temos que pensar de outra forma. Nós não podemos enganar o torcedor em achar que ganharemos uma partida e já estaremos no G-4”, comenta.

O Goiás volta a campo na próxima sexta-feira (21) contra o Ceará, no Estádio Castelão, às 21h30. O Goiás buscará a vitória para se afastar do Z-4. O novo comandante fez seu primeiro treino com a equipe na tarde desta quarta-feira e viajará junto ao grupo na sequência. 

“Nós vamos ter uma atitude diferente. Trabalhei com vários jogadores que estão neste grupo e os que não trabalharam me conhece, por que já me enfrentaram várias vezes. Na sexta-feira temos a obrigação de dar uma reposta diferente. Teremos que ser um time competitivo e com intensidade. Tenho certeza que os jogadores também estão envergonhados e querem dar uma resposta”, finaliza.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757