Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Reprodução / PFC
criciumaxgoias
O Goiás chegou a sua segunda derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro da Série B na noite desta sexta-feira (14), diante do Criciúma, no Estádio Heriberto Hülse, por 1 a 0. O time esmeraldino já havia perdido fora de casa na última rodada, para o Guarani pelo mesmo placar. O Verdão foi muito abaixo do esperado e segue com o tabu de nunca ter vencido o Tigre em Santa Catarina após 14 duelos na história. 

Com a derrota, o Goiás caiu para 12ª colocação com 17 pontos e pode se distanciar ainda mais do G4, já que a rodada só acaba neste sábado (15). O próximo compromisso do Verdão é na terça-feira (18), contra o Londrina, no Estádio Serra Dourada. 

A partida 

O primeiro tempo começou muito intenso, com as duas equipes com muita vontade dentro de campo e marcando a saída de bola uma da outra. As jogadas de criatividade para ambos os lados eram rápidas, mas nenhuma que lavasse um grande perigo ao goleiro Luiz e Marcelo Rangel. O time da casa seguiu com maior posse de bola durante os primeiros 45 minutos e chegou a chutar duas bolas no travessão. Mas a primeira etapa acabou com o zero no placar. 

No segundo tempo o Criciúma voltou mais decidido e indo para cima. Logo nos primeiros minutos teve dois chutes perigosos em direção ao gol de Rangel. O Goiás seguiu se defendendo muito bem e conseguindo criar oportunidades. Mas quem saiu na frente no placar foi o Criciúma. O time catarinense teve uma falta da intermediária e Alex Maranhão cobrou direto, surpreendendo o goleiro Marcelo Rangel.  

Após abrir o placar, o Criciúma recuou mais e chamou o Goiás para a área, mas o time esmeraldino não conseguia criar jogadas ofensivas, e quando conseguiu, os atacantes do Verdão não felizes nas finalizações. As boas chances do alviverde, sempre foram com Carlos Eduardo, mas o camisa 7 estava muito mal, assim como Tiago Luís que fez muita falta no meio de campo. E neste quadro, a o Goiás chegou a segunda derrota consecutiva. 

Segue o tabu 

Este foi o 14ª duelo entre Criciúma e Goiás, em Santa Catarina, desde 1988 e o Verdão segue sem conseguir vencer o Tigre em seus domínios. O alviverde nunca teve a sorte de sair com os três pontos do sul do país e com a derrota na noite desta sexta-feira (14), ainda viu o rival ultrapassa-lo na tabela, já que ambos os times iniciaram a partida com a mesma pontuação (17 pontos). 

Cada dia mais distante 

O Goiás iniciou a 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B seis pontos atrás do Vila Nova, primeiro time do G4. Mas pode terminar a rodada com nove pontos de desvantagem, já que o Tigre joga neste sábado (15), contra o Paysandu, no Estádio JK. Além disso, caso o líder Juventude vença o Ceará fora de casa, também neste sábado, pode abrir 12 pontos em relação ao Verdão. 

Início da punição 

Com a decisão do STJD sobre a punição da briga entre Goiás e Vila Nova no clássico do dia 24 de junho pela Série B, ficou estabelecido que o Verdão deve cumprir cinco jogos sem torcida, além de R$40 mil de multa. A pena começará a ser cumprida na próxima terça-feira (18), contra o Paysandu.

FICHA TÉCNICA          

Campeonato Brasileiro da Série B – 14ª rodada               
Jogo: Criciúma 1 x Goiás           
Data: 14/07/2017                 
Horário: 21h30 (de Brasília)                 
Estádio: Heriberto Hulsë  

Gol: Alex Maranhão (9'|1'T) 

Amarelos: Maicon Silva, Luiz, Lucão, Giaretto, Ricardinho para o Criciúma; Willians, Elyeser para o Goiás. 
Vermelho: Goleiro Ivan, do Goiás. 

Árbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães (CE)           
Assistentes: Marcione Mardonio da Silva Ribeiro (CE) e Renan Aguiar da Costa (CE)        
4º Árbitro: Edson da Silva (SC)          

GOIÁS: Rangel; Tony, Matheus Ferraz, Alex Alves e Carlinhos; Willians (Jarlan), Elyeser e Andrezinho; Carlos Eduardo (Gustavo), Tiago Luís (Jean Carlos) e Michael. Técnico: Sílvio Criciúma.    

CRICIÚMA: Luiz; Maicon Silva, Raphael Silva, Edson Borges e Diego Giaretta; Jonatan Lima, Jocinei, Douglas Moreira e Alex Maranhão; Lucão e Alisson. Técnico: Luís Carlos Winck.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757