Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
pedro bambu.divulgacaojpg
O clima não anda dos melhores na Serrinha. O Goiás vive um momento de muita instabilidade no Campeonato Brasileiro da Série B e chegou a sua segunda derrota consecutiva, resultados que fez o time despencar na tabela. O esmeraldino saiu da 4ª colocação para a 13ª com 14 pontos. Após a derrota para o Juventude por 3 a 0, o presidente Sérgio Rassi afirmou que providências seriam tomadas a todo custo, podendo envolver todas as áreas do clube. 

No último sábado, o mandatário se reuniu com alguns integrantes da Força Jovem Goiás e voltou a afirmar que muitas coisas mudariam. O que mais se cogita é uma mudança no comando técnico esmeraldino, Sílvio Criciúma pode deixar o cargo e, segundo informações do repórter André Rodrigues, da Rádio 730, Rogério Micale é o nome mais cotado para assumir o Verdão. Pedro Bambu comentou sobre a possível saída de Criciúma do comando. 

"Estamos cientes do que pode acontecer, mas o Sílvio é um cara simples, trabalhador, nos identificamos muito com ele. Procura sempre que trabalhemos com seriedade e alegria ao mesmo tempo, esperamos  que ele continue no comando pela pessoa e treinador que é. Mas quem decide é a presidência, mas espero que ele possa continuar porque isso para nós é muito importante, manter essa alegria e foco. Ele sempre falou que estávamos bem, mas que o momento ruim iria chegar e teríamos que ser fortes para superar", afirmou. 

O Goiás está a apenas dois pontos da zona de rebaixamento e cinco do G4. Questionado se esta proximidade do Z4 preocupa a equipe, Bambu preferiu manter o otimismo e afirmou que prefere focar em levar o time de volta para a parte de cima da tabela. 

"Preocupa, mas estamos próximos também do G4. O campeonato este ano está muito nivelado, algumas equipes estão lá embaixo e podem chegar lá em cima. Vai depender do que vamos mostrar dentro de campo nas próximas partidas. Temos que manter o foco, continuar trabalhando porque temos grandes possibilidades de voltar ao G4", finalizou. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757