Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
juventudexgoias
O Goiás perdeu a segunda partida consecutiva no Campeonato Brasileiro da Série B. O time esmeraldino foi até Caxias do Sul encarar o Juventude na noite desta terça-feira (27), no Estádio Alfredo Jaconi, e perdeu pelo placar de 3 a 0. O Verdão teve uma de suas piores atuações na competição. Nos dos primeiros gols, o goleiro Marcelo Rangel falhou de formas que ainda não havia falhado desde que assumiu a titularidade do gol alviverde. 

Com a derrota, o Goiás caiu para a 10ª colocação com 14 pontos e, com os três gols levados na noite desta terça-feira (27), assumiu o posto de pior defesa do Campeonato Brasileiro da Série B este ano. Foram 16 tentos levados em 11 rodadas, ficando atrás apenas do lanterna Náutico. O próximo compromisso do alviverde é diante do Luverdense, no Estádio Serra Dourada, na sexta-feira (07). 

A partida 

Com um time diferente do que estamos acostumados a ver no Campeonato Brasileiro da Série B, o Goiás começou o primeiro tempo muito ofensivo. Com Michael pela esquerda e Tiago Luís no meio houve boa triangulação na pequena área do Juventude. O Goiás se entendia dentro de campo com poucos erros de passe. 

Bambu levava dificuldade à defesa do Juventude ao fazer bons lançamentos dentro da área. O nome que se destacou na primeira etapa foi de Michael, o garoto chamou a responsabilidade e fez grande partida. Mas apesar do bom rendimento de alguns jogadores individuais, Marcelo Rangel não foi bem no duelo e falhou nos dois primeiros gols sofridos pelo Verdão.   

No primeiro gol, com lançamento pela direita, Rangel e Alex Alves se enrolaram e deixaram a bola livre para Wallacer abrir o placar. Ainda no primeiro tempo, o goleiro esmeraldino acumulou mais uma falha na saída do gol. Em carrinho mal sucedido, o jogador não conseguiu afastar a bola e Tiago Marques aproveitou para ampliar. A partir dos erros cometidos, o Goiás se perdeu em campo errando muitos passes, principalmente no meio de campo. 

Sem muita melhora, o Goiás voltou para campo no segundo tempo com dificuldade de chegar a área do Juventude. Quem levou risco para a defesa do adversário foi o atacante Carlos Eduardo. O jogador teve uma grande chance frente a frente com o goleiro Mateus, mas não soube finalizar, perdendo a grande oportunidade de reação do Verdão na etapa final. Para arrematar a vitória, o atacante Diego Felipe acertou um lindo chute de fora da área após boa jogada construída no meio de campo, sem chance para defesa de Marcelo Rangel.  

Quando a fase é ruim... 

O goleiro Marcelo Rangel assumiu a titularidade do Goiás assim que foi contratado, ainda no Campeonato Goiano, e não saiu mais. O jogador sempre se destaca por suas grandes atuações e defesas sensacionais em campo. Mas nesta terça-feira (27), não era o dia de Rangel. Os dois primeiros gols que o Juventude marcou foram através de erros grotescos do goleirão. No primeiro, em uma jogada aérea que deveria ter sido afastada, o atleta tentou segurar a bola, mas ela escapuliu e sobrou para Wallacer. No segundo, Rangel tentou afastar a bola em um carrinho rasteiro, mas passou direto e Thiago apenas completou para o gol. 

Despencou... E a defesa não ajudou 

Com duas derrotas seguidas no Campeonato, para o Vila Nova no sábado e para o Juventude na noite desta terça-feira, o Goiás despencou na tabela da Série B. Em duas rodadas, o Verdão saiu da 4ª colocação e caiu para a 10ª com 14 pontos. A defesa esmeraldina vem deixando a desejar na competição. É a segunda pior zaga até aqui, atrás apenas do lanterna Náutico. O Goiás já levou até aqui 16 gols. 

FICHA TÉCNICA       

Campeonato Brasileiro da Série B – 11ª rodada            
Jogo: Juventude 3 x 0 Goiás            
Data: 27/06/2017              
Horário: 19h15 (de Brasília)              
Estádio: Alfredo Jaconi       
Cidade: Caxias do Sul  

Gols: Wallacer (34'|1ºT), Tiago Marques (45'|1ºT) e Diego Felipe (39'|2ºT). 

Árbitro: Célio Amorim (SC)         
Assistentes: Helton Nunes (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)              
4º Árbitro: Jonathan Pinheiro (RS)       

GOIÁS: Marcelo Rangel; Pedro Bambu, Matheus Ferraz, Alex Alves e Carlinhos; Elyeser (Jean Carlos), Victor Bolt, Tiago Luís (Aylon) e Michael; Carlos Eduardo e Léo Gamalho. Técnico: Sílvio Criciúma.    

JUVENTUDE: Matheus Cavichioli; Tinga, Micael, Ruan Renato e Fahel; Bruno Collaço, Wallacer, Lucas e Tiago Marques; Juninho e Ramon. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.  

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757