Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria GEC
silviocriciumagoias
Goiás e Vila Nova se enfrentam pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O confronto está marcado para este sábado (24), às 16h30, no Estádio Serra Dourada. Desta vez, a rivalidade é apenas um dos ingredientes que estará em campo. O duelo vale a permanência no G4, o time esmeraldino é 4ª colocado com 14 pontos, enquanto o colorado é o 3ª com 15. 

Para o técnico Sílvio Criciúma, este bom momento em que os dois times vivem na competição deixa o clássico ainda mais quente e disputado, já que havia muito tempo que isto não acontecia dentro da Série B. Quem vencer segue no G4, quem perder cai muitas posições na tabela. 

"Equilíbrio e emocional fazem a diferença. A situação na tabela é parecida, apenas um ponto separa, os dois no G4, momento especial para ambos. Ano passado a posição era abaixo dos 10 primeiros, agora os dois estão na zona de classificação, o que vencer permanece nela, o que perder cai bastante posições. Jogo muito importante para nós, chegamos ao G4 e precisamos seguir lá", declarou. 

O treinador esmeraldino relembrou os jogos da final do Campeonato Goiano, em que os times participaram e o Goiás venceu o primeiro jogo por 3 a 0 e o segundo por 1 a 0. Para Criciúma, o Vila Nova sempre é um adversário complicado e a final está entalada na garganta do arquirrival, algo que pode ser perigoso para o Verdão. Mas a estratégia segue a mesma: ser cauteloso e inteligente para se aproveitar dos erros do adversário. 

"Não importa a situação que está Goiás e Vila, clássico é sempre igual. Uma partida normal já é decidia em detalhes, bola parada, erro do adversário. E sábado quem for efetivo nesses quesitos sairá vencedor. Acontecerá uma concentração muito grande das equipes, a impressão é que a vitória vale mais que os três pontos" finalizou.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757