Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Assessoria GEC
silviocriciumagoias
O Goiás conquistou sua terceira vitória consecutiva neste Campeonato Brasileiro da Série B e embalou de vez na competição. O time esmeraldino atropelou o Boa Esporte, por 4 a 1, no Estádio Serra Dourada, na noite desta terça-feira (13). Foi o terceiro jogo do técnico Sílvio Criciúma a frente do alviverde e o terceiro triunfo. Após o duelo, o treinador comentou sobre a partida e também sobre seu desempenho com o grupo até aqui. 

"Acredito no treinamento. Tive a sorte de poder assumir tendo dez dias de preparação e o mesmo grupo que não conseguiu os resultados nas primeiras rodadas passou a conseguir. Uma vitória leva a outra, três triunfos seguidos acredito em uma confiança ainda maior para o próximo. O time hoje foi organizado, fez uma excelente leitura do jogo sobre matar o adversário na hora certa. Vitória grandiosa", declarou. 

Sílvio comandou o Goiás durante oito rodadas pelo Goianão e conquistou o tricampeonato. Após o término da competição Sérgio Soares chegou para assumir o Verdão, mas não agradou. Foram quatro rodadas sem vitórias. Desde que Criciúma voltou ao comando, o time esmeraldino teve um grande aumento de desempenho e já sonha com o G4. 

Quando assumiu o comando novamente o treinador não bateu na tecla de que precisava de reforços, e com o mesmo grupo que começou a segundona com o pé esquerdo, vem mostrando que dá para sonhar alto mesmo sem a chegada de grandes nomes. Criciúma afirmou que a equipe precisa de novos jogadores, mas não com urgência, já que confia na equipe que tem em mãos. 

"Eu sempre acreditei neste grupo, precisamos de algumas peças pontuais, mas podemos ter calma e tranquilidade. Esses nomes estão sendo conversados, analisados, tenho preocupação enorme com o grupo. Temos atletas aqui do mesmo nível, os titulares estão fazendo por merecer a titularidade, os que estão no banco e entrando estão dando o seu máximo, os que não estão tendo oportunidade sabem que sua hora vai chegar. Não entremos ainda numa fase de suspensão e será natural o revezamento, troca de peças e isso eleva o nível técnico e a disposição do atleta", finalizou. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757