Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
sergiorassi dezembro
Mesmo conquistando o tricampeonato goiano, a torcida esmeraldina não ficou satisfeita com o atual elenco do Goiás, que tem como principal objetivo voltar à Série A do futebol brasileiro. O início ruim do Verdão no Campeonato Brasileiro da Série B gerou ainda mais insatisfação ao torcedor. Nas quatro primeiras rodadas, de 12 pontos possíveis, o time esmeraldino conquistou apenas 2.

A primeira vitória veio na noite desta terça-feira (6), contra o Santa Cruz, mas o time ainda apresenta muita carência em algumas posições. Na zaga, por exemplo, Bruno Aguiar já está apalavrado e conseguiu se desligar do Joinville. O jogador deve desembarcar em Goiânia nos próximos dias. Após o término da partida, o presidente Sérgio Rassi comentou sobre a situação das contratações para a sequência da segundona.

“Temos três ou quatro jogadores do mercado sul americano de grande quilate e que podem vir, mas estamos no início da negociação, nada certo ainda. Quero que o torcedor entenda que não é que não estamos atrás de reforços. Nós estamos, temos condições para isso, sabemos que temos posições carentes. Mas o jogador de Série A não aceita vir para a Série B, mesmo que seja para ser titular. Outros jogadores de Série B podem vir, mas não sei se vão somar da forma que precisamos. Temos que ter cautela para não trazer profissionais que estão no fim da carreira e que vão chegar para ficarem acomodados. Quero pedir calma a torcida”, disse.

Rassi aproveitou para enaltecer a postura do time esmeraldino diante do Santa Cruz. O Goiás mostrou um futebol bem diferente do que apresentou nas quatro primeiras rodadas, sob o comando de Sérgio Soares, e conseguiu se impor dentro de casa e faturar os três pontos, que o deixou mais perto de sair de vez da zona de rebaixamento. Rassi comentou como viu a equipe na volta de Sílvio Criciúma ao comando.

“Foi uma partida muito difícil, jogo aguerrido. O que notei de diferença no time foi uma doação maior, se não tivéssemos tido a infelicidade do pênalti nem teríamos passado sufoco, foi dramático o final. Fomos muito bem na partida, estou feliz, acredito que é a nossa retomada, precisávamos muito desta vitória para nos reafirmarmos e termos tranquilidade daqui para frente”, afirmou.

O nome do duelo foi Carlos Eduardo. O jogador marcou os dois gols do Goiás e cometeu o pênalti que resultou no único tento do Santa Cruz. Rassi foi só elogios para o prata da casa, mas também elogiou Gamalho por ter aceitado ficar no banco sem reclamar, e mesmo assim ter entrado na partida no segundo tempo e dado seu melhor.

“O Carlos Eduardo é a nossa estrela maior, um jogador diferenciado, de grandes mercados na Europa, jogador de Seleção Brasileira, basta apenas aprimorar alguns fundamentos. O Gamalho mostrou muita humildade em aceitar a condição de banco. Entrou no segundo tempo, foi bem, correu muito e acho que isso sirva de exemplo para todos os jogadores”, finalizou.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757