Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Cláudio Reis / O Popular
online goias santacruz claudioreis 01
Na volta de Sílvio Criciúma ao comando do time, o Goiás conquistou sua primeira vitória na noite desta terça-feira (6). Em duelo com o  vice-líder Santa Cruz, no Estádio Serra Dourada, o Verdão alcançou o triunfo por 2 a 1. O nome do jogo foi o atacante Carlos Eduardo que marcou os dois gols e fez o pênalti que resultou no único tento do Santa Cruz na partida, marcado por Anderson Salles. 

Com a vitória, o Verdão chega aos cinco pontos, mas ainda não deixa a zona de rebaixamento. O Goiás é o 17ª colocado com dois pontos a frente do 18ª, Luverdense. O próximo compromisso do time esmeraldino é fora de casa, contra o Paysandu, no Mangueirão, na sexta-feira (9), às 21h30.  

A partida 

O Goiás começou o primeiro tempo da partida a todo vapor. O time esmeraldino mostrou muita vontade e partiu para cima nos primeiros 15 minutos impondo seu ritmo. Chutes de fora da área foi o ponto forte da equipe. Bambu e Bolt arriscaram duas vezes cada um e com bastante perigo. Tiago Luís também tentou, mas Júlio César fez excelentes defesas e se destacou no duelo. As principais jogadas do time esmeraldino saíram pela direita, como o primeiro gol, onde Tony recebeu a bola de Bambu e cruzou na cabeça de Carlos Eduardo, que só desviou para o gol aos 11 minutos. 

Após os 15 minutos de pressão do Goiás, o Santa Cruz conseguiu se livrar da marcação acirrada do alviverde e começar a criar jogadas ofensivas, principalmente pelo lado esquerdo. Rangel começou a aparecer mais na partida, com grandes defesas. O nome da partida foi Carlos Eduardo, no primeiro tempo o jogador foi um dos melhores em campo, além de ter feito o gol. Mas aos 44 minutos, o camisa 7 derruba Roberto dentro da área e o juiz marca pênalti para o Santa Cruz. Anderson Salles cobrou com muita segurança, no meio do gol, sem chances para Rangel. 

No segundo tempo o Goiás voltou bem abaixo do que começou a primeira etapa. O time esmeraldino se mostrou mais desorganizado em campo e as jogadas ofensivas pela direita não deram mais certo com Tony. O Santa Cruz adiantou a marcação e começou a pressionar a saída de bola esmeraldina, que passou a errar passes e jogar de forma mais recuada. Essa postura defensiva não agradou aos  3.489 torcedores presentes que começaram a vaiar a equipe. 

A pressão da torcida alviverde fez efeito. Tiago Luís voltou a arriscar de fora da área, sempre levando muito perigo. O Santa Cruz sentiu a melhora da equipe esmeraldina e começou a jogar na defensiva. Sílvio Criciúma deixou a equipe mais ofensiva, colocando Gamalho e Michael para jogar. Aos 27 minutos, após cobrança de escanteio, Everton Sena tentou no primeiro pau, mas a bola explodiu na defesa e sobrou para o nome da partida: Carlos Eduardo! O camisa 7 chegou chutando e colocou o Verdão na frente mais uma vez. O Santa Cruz até voltou a pressionar, mas o placar final foi com a vitória para os donos da casa. 

Volta com vitória 

Este foi o primeiro jogo de Sílvio Criciúma à frente do Verdão nesta Série B. Após assumir a equipe no Campeonato Goiano com a saída de Gilson Kleina, Criciúma conquistou o tricampeonato e agradou a torcida e os torcedores. Sérgio Soares chegou para comandar o clube na segundona, mas o trabalho não agradou o grupo, a diretoria e nem a torcida. Após quatro rodadas, Soares foi demitido e Sílvio Criciúma foi efetivado. Com 10 dias de preparação, o treinador levou a campo nesta 5ª rodada um time completamente diferente do que a torcida estava acostumada a ver nas quatro primeiras rodadas e conquistou a primeira vitória do Verdão na competição. 

Pressão da torcida 

No dia seguinte à demissão de Sérgio Soares do posto de técnico do Goiás, Victor Bolt deu uma entrevista onde declarou que o grupo não estava gostando do novo treinador e isso estava afetando os resultados dentro de campo. Parte da torcida do Verdão não gostou nada destas declarações e a Força Jovem Goiás soltou uma nota onde exigia que nos próximos 12 pontos disputados, o time esmeraldino conquistasse, pelo menos, 10. Na nota, os torcedores chegaram até mesmo a ameaçar os jogadores alviverdes afirmando que eles estavam fazendo "corpo mole". Com a vitória na noite desta terça-feira (6), a torcida voltou a acredita no potencial da equipe.   

FICHA TÉCNICA 

Campeonato Brasileiro da Série B - 5ª rodada  
Jogo: Goiás 2 x 1 Santa Cruz 
Data: 26/05/2017      
Horário: 20h30 horas (de Brasília)      
Estádio: Serra Dourada     
Cidade: Goiânia 

Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)    
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Muniz - FIFA (SP) e Fábio Rogério Baesteiro (SP)      
4º Árbitro: Roberto Giovanny Oliveira Silva (GO) 

Gols: Carlos Eduardo 2X (11'|1ºT) e (27'|2ºT) para o Goiás; Anderson Salles (45'|1ºT) para o Santa Cruz. 

Cartões amarelos: Nininho (Santa Cruz) ; Elyeser (Goiás) 

Público e renda no Serra Dourada: 
Público pagante: 2.468 
Público total: 3.489 
Renda: R$ 39.045,00 

GOIÁS: Marcelo Rangel; Tony (Elyeser), Everton Sena, Alex Alves e Carlinhos; Pedro Bambu, Victor Bolt, Léo Sena e Tiago Luís; Carlos Eduardo e Aylon. Técnico: Sílvio Criciúma.

SANTA CRUZ: Julio Cesar; Nininho, Anderson Salles, Bruno Silva e Roberto; David, Elicarlos, Thiago Primão, André Luís (Bruno Paulo) e Everton Santos; Ricardo Bueno. Técnico: Vinícius Eutrópio.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757